Mundo EUA enviam porta-aviões para a península coreana

EUA enviam porta-aviões para a península coreana

Os Estados Unidos ordenaram a mobilização de porta-aviões USS Carl Vinson para águas perto da Coreia do Norte, como resposta aos vários testes de mísseis de Pyongyang.
EUA enviam porta-aviões para a península coreana
Negócios com Lusa 09 de abril de 2017 às 10:52

Fontes do Pentágono confirmaram hoje à CNN que o almirante Harry Harris, chefe do Comando do Pacífico, ordenou a mobilização do porta-aviões da classe Nimitz e de toda a sua frota de ataque para águas próximas da península coreana.

O Carl Vinson, sob controlo da Terceira Frota (Pacífico Oriental), suspendeu uma visita prevista à Austrália e vai voltar a dirigir-se a águas próximas da Coreia do Norte, donde já esteve destacado há cerca de um mês para participar em manobras militares anuais com a Coreia do Sul.

A tensão na região tem aumentado nas últimas semanas, depois da Coreia do Norte ter levado a cabo sucessivos testes de mísseis balísticos de longo alcance, que caíram a poucas centenas de quilómetros da costa japonesa. "Sentimos que o aumento da presença é necessário", afirmou um responsável norte-americano à Reuters, na condição de não ser identificado.

As autoridades da Coreia do Norte têm dado a entender que poderá acontecer em breve um teste com um míssil balístico intercontinental, que poderá acontecer a 15 de Abril, data em que o país comemora o 105º aniversário do fundador, Kim Il-sung. O acontecimento é celebrado anualmente como o "Dia do Sol".

O reforço da presença militar dos EUA na região tem causado incómodo em Pequim. A actuação da Coreia do Norte foi tema do encontro entre Donald Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, na quinta e sexta-feira, com o presidente norte-americano a pedir uma intervenção maior da China para conter as acções do regime de 
Kim Jong Un.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

O Kim Jong UN, julga que ainda esta na era Obama, mas ingana-se; se continuar a tossir, pode lhe
passar a pneumonia ; ele que se cuide!!

comentários mais recentes
Força Trump Há 2 semanas

Bomba neles

Punitor Há 2 semanas

Alguém ponha termo ao bando de criminosos. Quem se alia a criminosos, criminoso é!! A China alia-se à Coreia do Norte e a Rússia ao regime Sírio?
Trump não está para resolver a coisa com os paninhos quentes de Obama. Carrega-lhes Trump!!

Hipocrisia e vão há Missa.em nome de Deus. Há 2 semanas

Os falcões é a vida deles é guerra,estão se nas tintas para as criancinhas,dão armas para a confusão e depois vendem armas ,e depois bem armados em salvadores.

Anónimo Há 2 semanas

O Kim Jong UN, julga que ainda esta na era Obama, mas ingana-se; se continuar a tossir, pode lhe
passar a pneumonia ; ele que se cuide!!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub