Conjuntura Exportações e importações voltam a disparar em Março

Exportações e importações voltam a disparar em Março

As exportações aumentaram mais do que as importações, em Março, num mês marcado por crescimentos acentuados no comércio internacional. Excluindo os combustíveis a leitura é idêntica.
Exportações e importações voltam a disparar em Março
Pedro Elias
Sara Antunes 10 de maio de 2017 às 11:09

As exportações portuguesas dispararam 23,9% em Março, quando comparado com igual período do ano passado, revelou esta quarta-feira, 10 de Maio, o Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

As importações tiveram um comportamento semelhante, ainda que menos intenso, tendo registado um acréscimo de 14,6%.

 

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 21,1% e as importações 14,6%.

No acumulado do primeiro trimestre do ano, as exportações cresceram 17,1% enquanto as importações aumentaram 15,3%, quando comparado com igual período do ano passado.

 

Com o aumento das exportações a superar o crescimento das importações, o défice da balança comercial de bens diminuiu em 241 milhões de euros para um total de 821 milhões de euros. "Excluindo os Combustíveis e lubrificantes a balança comercial atingiu um saldo negativo de 602 milhões de euros, correspondente a uma redução de 154 milhões de euros em relação ao mesmo mês de 2016", adianta a mesma fonte.

 

Por mercados, o aumento das exportações foi mais significativo para Espanha (16,3%), Estados Unidos (64,7%) e França (19%). Já nas importações, destaque para Espanha (13,9%), Alemanha (22%) e Rússia (252,9% - "justificado pela importação de Óleos brutos de petróleo e

Fuelóleo").

 

(Notícia actualizada às 11:15 com mais informação)


A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado TinyTino Há 2 semanas

Ao ler os comentários fico deslumbrado, em êxtase mesmo. Tantos economistas que se perderam para a posteridade...

comentários mais recentes
Jorge Silva Há 2 semanas

E se o povo, comerciantes e empresários ajudassem ao dar preferência pela compra de produtos e serviços nacionais, não só já tínhamos a balança comercial positiva, como todos estaríamos melhor em relação a tudo. Tenhamos orgulho de Portugal e de ser Portugueses! Chega de andar de mão estendida!!

Quando as exportações conseguem superar as Há 2 semanas

importações é sinal que o País está a melhorar em todos os sentidos. Convém relembrar que nas importações está combustíveis e afins. Ao contrário do que muitos querem fazer esquecer, a criação de riqueza e de trabalho estão inter ligadas às exportações. Estamos no caminho certo para todos nós.

semcrer Há 2 semanas

Gostava de referir que TAMBÉM este resultado positivo se deve exclusivamente às reformas feitas pelo (des) governo de PPC, Marilu e companhia limitada...

São uma anedota!

Anónimo Há 2 semanas

Não são os médicos e enfermeiros que ganham pouco...

Os professores universitários, juízes e magistrados é que ganham demais.

Toca a cortar os salários e privilégios desta malta... para se poder baixar o IRS.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub