Orçamento do Estado Factura com juros aumenta 278 milhões, mas peso no PIB mantém-se

Factura com juros aumenta 278 milhões, mas peso no PIB mantém-se

O valor estimado a pagar em juros no próximo ano tem “um aumento significativo”. Mas o peso desse encargo no PIB mantém-se.
Factura com juros aumenta 278 milhões, mas peso no PIB mantém-se
Bruno Simão
Rui Barroso 14 de Outubro de 2016 às 22:23

A factura com juros da dívida vai aumentar no próximo ano. No relatório da proposta do Orçamento do Estado para 2017, o Governo refere que "os encargos com juros da dívida pública deverão apresentar um aumento significativo, embora mantenham o seu peso no PIB".

No total, a previsão é que a despesa com juros se situe em 8.297 milhões de euros, um aumento de 278 milhões de euros, o equivalente a 3,5%, face a este ano, segundo as previsões das contas das administrações públicas em óptica de contabilidade nacional.

A subida dos encargos com juros interrompe a descida que será verificada este ano e em 2015. No entanto, apesar do aumento do montante a pagar, o peso dos encargos com juros no PIB deverá manter-se nos 4,3% previstos para este ano.

Em 2015, essa proporção tinha sido de 4,6%. O documento refere que "importa ainda referir que o peso dos juros da dívida pública no PIB, de 4,3% (-0,2 p.p. do que em 2015), aparentam ter invertido a sua trajectória, reflectindo a tendência decrescente da taxa de juro implícita na dívida desde 2011". 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Antonio Sousa 15.10.2016

http://observador.pt/2016/10/14/governo-pede-maior-limite-de-endividamento-no-proximo-ano/

Fernado Ronaldo 14.10.2016

Boas ppl. Para quem ainda nao assistiu ao meu video de "como ganhei 270 mil euros no ultimo ano" http://gengibre.eu/300eurospordia/ confira as dicas e junte-se a nos.

pub