Saúde Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias

Embora o Estado financie dois terços da despesa em saúde, 27,4% é paga pelas famílias. A maior parte deste dinheiro é gasto em hospitais e consultas privadas. Farmácias também pesam muito no orçamento das famílias.
Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias
Bruno Simão
Manuel Esteves 27 de junho de 2017 às 00:01

As famílias pagam do seu bolso 27,4% dos gastos totais em saúde em Portugal – qualquer coisa como 4,45 mil milhões de euros. O restante é pago, essencialmente, pelo Estado, que suporta cerca de dois terços da

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 27.06.2017

A ESCUMALHA DE ESQUERDA ESTÁ A MATAR O SNS...!!!

Anónimo 27.06.2017

Eu classe média(licenciado) trb. no privado, meu amigo canalizador da CML disse que tinha pena de mim porque tinha que utilizar Hosp. Publicos.

Anónimo 27.06.2017

Fujam do hospital de Abrantes: Esperam cerca de 7h são atendidos por um "sapateiro" e vêem medicados com um "melhoral". 1 dia passado voltam.

Anónimo 27.06.2017

O excedentarismo e a ADSE, a Segurança Social de Luxo Paralela que a troika quis desmantelar, pagam isso tudo com o fruto da subtracção perpetrada diariamente ao património dos outros agentes económicos que nada têm a ver com isso.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub