Saúde Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias

Embora o Estado financie dois terços da despesa em saúde, 27,4% é paga pelas famílias. A maior parte deste dinheiro é gasto em hospitais e consultas privadas. Farmácias também pesam muito no orçamento das famílias.
Famílias estão a gastar mais em hospitais privados e farmácias
Bruno Simão
Manuel Esteves 27 de junho de 2017 às 00:01

As famílias pagam do seu bolso 27,4% dos gastos totais em saúde em Portugal – qualquer coisa como 4,45 mil milhões de euros. O restante é pago, essencialmente, pelo Estado, que suporta cerca de dois terços da

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

A ESCUMALHA DE ESQUERDA ESTÁ A MATAR O SNS...!!!

Anónimo Há 3 semanas

Eu classe média(licenciado) trb. no privado, meu amigo canalizador da CML disse que tinha pena de mim porque tinha que utilizar Hosp. Publicos.

Anónimo Há 3 semanas

Fujam do hospital de Abrantes: Esperam cerca de 7h são atendidos por um "sapateiro" e vêem medicados com um "melhoral". 1 dia passado voltam.

Anónimo Há 3 semanas

O excedentarismo e a ADSE, a Segurança Social de Luxo Paralela que a troika quis desmantelar, pagam isso tudo com o fruto da subtracção perpetrada diariamente ao património dos outros agentes económicos que nada têm a ver com isso.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub