Impostos "Fat tax" na mira do Governo
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

"Fat tax" na mira do Governo

António Costa admite que em 2017 seja criado um novo imposto indirecto. Taxar produtos com excesso de sal, açúcar e gorduras é uma ideia antiga que agora volta a ganhar forma e se afigura como uma solução provável.

António Costa admite vir a lançar mão de um novo imposto indirecto, e, entre o leque que tem à sua disposição, há um que avulta: trata-se de um imposto sobre consumos nocivos como as gorduras, o sal e os

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião90
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado ABCDEF1 04.10.2016

Estes tipos andam loucos para nos sacar o pouco que temos. SALAZAR volta, pois estás perdoado.

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

O Sr. Ministro das Finanças informou o parlamento que iam entrar em funções 1000 inspetores tributários até ao final do ano. Afinal, parece que o concurso está parado. É mais fácil aumentar os impostos do que combater a fraude e evasão fiscais?

Anónimo Há 4 semanas

"fat tax"? Não sabes escrever em português?

Lopes António Há 4 semanas

AindaPensei que era um imposto sobre os gordos de Sao Bento

Juca Há 4 semanas

É lógico! O Costa está muito gorda porque mama "comida fat" à fartazana. Se aumentar o imposto sai-nos mais caro porque quando ele mama, paga o Estado.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub