Justiça Fénix: Pinto da Costa e Antero Henrique absolvidos

Fénix: Pinto da Costa e Antero Henrique absolvidos

O Tribunal de Guimarães absolveu hoje o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e o ex-vice-presidente do mesmo clube Antero Henrique dos crimes que lhe eram imputados na "Operação Fénix".
Fénix: Pinto da Costa e Antero Henrique absolvidos
Ricardo Estudante
Lusa 09 de novembro de 2017 às 15:13
Pinto da Costa e Antero Henrique estavam pronunciados, respectivamente, por sete e seis crimes de exercício ilícito da actividade de segurança privada.

Em causa, segundo o despacho de pronúncia, estava o facto de terem contratado ou beneficiado de segurança pessoal por parte da SPDE, quando saberiam que a empresa não poderia prestar aquele tipo de serviço.

Nas alegações finais, o procurador do Ministério Público já tinha pedido a absolvição de ambos.

Com 54 arguidos, a "Operação Fénix" está relacionada com a alegada utilização ilegal de seguranças privados, tendo como epicentro a empresa SPDE, também arguida no processo.

Os operacionais da SPDE fariam serviços de segurança pessoal, sem que a empresa dispusesse do alvará necessário para o efeito.

Os arguidos responderam por crimes de associação criminosa, exercício ilícito da actividade de segurança privada, extorsão, coação, ofensa à integridade física qualificada, ofensas à integridade física agravadas pelo resultado morte, tráfico e mediação de armas, posse de arma proibida e favorecimento pessoal.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Água Ráz Há 1 semana

Percebe de bola mas de politica é um zero(bola) ,um apoiante de Socas que deve ter comprado muitos livros do Pinóquio ,tantos como o Barbas comprou de uma tal Carolina Salgado

Anónimo Há 1 semana

Enquanto a bola não for exemplo... pouca esperaça haverá para este país que a respira.

Anónimo Há 1 semana

Mais uma absolvição de pessoa odiada por 6.000.000 de pessoas ! Como não está perto do poder ( Não é Filipe Vieira ?) vai havendo processos uns em cima de outros sem CULPA QUE SE PEGUE ,conforme o Ministério Público já informou! Azevedo foi preso ,a porta 18 está debaixo de olho, e a prisão quando?

pub