Política Fernando Lima à frente nas eleições para o Grande Oriente Lusitano  

Fernando Lima à frente nas eleições para o Grande Oriente Lusitano  

Fernando Lima, actual Grão-Mestre, candidata-se a um terceiro mandato, exercendo estas funções há seis anos.
Lusa 25 de junho de 2017 às 19:39

O actual grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL), Fernando Lima, liderava ao final da tarde de hoje a segundo volta das eleições nesta obediência maçónica, recolhendo 55% dos votos, enquanto o seu opositor, José Adelino Maltez, ficava pelos 45%.

 

Segundo fonte do GOL, estes valores eram conhecidos quando já estavam contados 1.200 votos e faltavam apurar os resultados em 16 lojas do GOL. Os resultados definitivos apenas serão conhecidos em 4 de Julho, depois de confirmados pelo Tribunal Maçónico.

 

A mesma fonte admitiu que se registam nesta segunda volta das eleições menos entre duas a três centenas de votantes do que na primeira, realizada em 3 e 4 de Junho, em que José Adelino Maltez obteve 445 votos, Fernando Lima 414 e Daniel Madeira de Castro 374, tendo os dois primeiros passado à segunda volta.

 

Fonte da candidatura de José Adelino Maltês disse hoje à Lusa que a confirmar-se no final da contagem a vantagem de Fernando Lima "não será superior a 90 votos", enquanto fonte ligada à candidatura do actual grão-mestre apontava para uma vantagem "superior a 100 votos".

 

O politólogo José Adelino Maltez e o jurista Fernando Lima fazem parte do quadro de mestres maçons da Loja Universalis, em Lisboa.

 

Lima apresentou-se a sufrágio com o historiador António Ventura e Carlos Vasconcelos, actual presidente do Grande Tribunal Maçónico, candidatos ao cargo de grão-mestre adjunto.

 

Maltez é coadjuvado na lista por Luís Gonçalves Vaz, historiador, e Manuel Bastos Matos, advogado e antigo militar de Abril, que integrou a Comissão de Extinção da PIDE-DGS, criada na sequência do derrube do fascismo, no 25 de Abril de 1974.

 

Fernando Lima, actual Grão-Mestre, candidata-se a um terceiro mandato, exercendo estas funções há seis anos.

 

Na corrida a este ato eleitoral, Fernando Lima contava com apoios dos antigos grão-mestres António Reis e António Arnaut, enquanto José Adelino Maltez tinha a seu lado João Soares ou Francisco Moita Flores, entre outros.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 25.06.2017

Não existe melhor recompensa do que encaminhar os povos pela verdade, progresso e bem estar. As nossas vidas são uma passagem na Terra pertencendo a um Universo sem fim

pub
pub
pub
pub