Política Financiamento partidário: e agora, Marcelo?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Financiamento partidário: e agora, Marcelo?

O CDS e o PAN pedem ao Presidente que vete, os restantes partidos dizem-lhe que decida segundo a lei, mas garantem que em nada prejudicam o erário público. Especialistas dizem que um veto presidencial seria a forma de promover um debate transparente da matéria.
Financiamento partidário: e agora, Marcelo?
Cofina Media
Filomena Lança 27 de dezembro de 2017 às 23:05

Esta quarta-feira, 27 de Dezembro, Marcelo Rebelo de Sousa colocou uma nota na página oficial da Presidência a avisar que antes do final desta semana não se poderia pronunciar sobre as alterações à lei do financiamento

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Os partidos impostam até á medula os contribuintes mas querem ficar isentos dos mesmos.O descrédito é total ,prepara-te OTELO q ainda vais ter q intervir novamente.

Anónimo Há 3 semanas

Marcelo vai vetar e os partidos devem averiguar os amigos que têm no fisco a fazer estas interpretações, verificar a sua legitimidade e atuar de acordo.Iremos disfarçadamente assistir a demissões ou nao reonomeaçoes em curso no aparelho fiscal.?Aqui não há separação de poderes-

Para esta vergonha Há 3 semanas

É bom que traves esta vergonha Votar nesta gente nunca mais

BE e CDU nas próximas eleições vão levar no cú!!! Há 3 semanas

Ora, as esganiçadas na hora da verdade são como os outros! Tb querem chupar e ficar isentos de IVA, e carregar na derrama das empresas! Mortágua por esta atitude devia ser en rrabada sem dó nem piedade por 5 negrões abonados q lhe rebentassem o kagueiro e andasse 1 mês sem se poder sentar na AR!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub