Economia Fisco promete reembolsar IRS "o mais rapidamente possível"

Fisco promete reembolsar IRS "o mais rapidamente possível"

Novas regras aumentam o tempo de apuramento do imposto devido por cada contribuinte, pelo que o reembolso no prazo de 20 dias não é garantido este ano.
Nuno Carregueiro 20 de abril de 2012 às 16:57
A Autoridade Tributária e Aduaneira (ATA) emitiu hoje um esclarecimento sobre os reembolsos do IRS, que este ano não ficam garantidos 20 dias após a entrega da declaração, embora o fisco prometa que vai fazer "todos os esforços" para que estes reembolsos sejam processados o mais rapidamente possível".

Na nota, enviada às redacções, a ATA reitera que as declarações de IRS que forem entregues via Internet garantem um reembolso "mais cedo" do que as entregas em papel. "Neste sentido, os reembolsos de IRS referentes às declarações respeitantes aos rendimentos de 2011 enviadas pela Internet serão tratados de forma prioritária, à semelhança do que aconteceu nos anos anteriores", refere o fisco.

Contudo, nos dois últimos anos, o fisco garantia a entrega do reembolso do IRS no prazo máximo de 20 dias. Algo que, como já é sabido há várias semanas, este ano não está garantido.

Na nota hoje publicada, a ATA justifica porque não pode garantir este prazo de 20 dias, citando alterações introduzidas no Orçamento do Estado, que podem obrigar a quatro liquidações, antes se ficar apurado o imposto a pagar pelos contribuintes.

"Passaram a existir, ao nível das deduções à colecta, 3 situações de limites diferenciados em função dos escalões de rendimento dos contribuintes, pelo que, para grande parte dos casos, passou a ser necessário efectuar até quatro liquidações por declaração para proceder ao apuramento do imposto devido por cada agregado familiar", refere a ATA.

Estas alterações estão relacionadas com os novos limites para despesas de saúde e educação, para os benefícios fiscais e majoração das despesas com imóveis.

Deste modo, "a mesma declaração poderá ter de ser liquidada 4 vezes", uma "necessidade que visa salvaguardar os direitos dos contribuintes" e "aumenta, naturalmente, o tempo médio de liquidação por declaração".

Apesar deste atraso, a ATA "irá fazer todos os esforços para que os reembolsos do IRS referentes a declarações de rendimentos de 2011 entregues através do Portal das Finanças sejam processados o mais rapidamente possível".

Todos os anos o Estado reembolsa cerca de dois mil milhões de euros de IRS aos contribuintes.


A sua opinião47
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
asCetabft6kx 02.12.2016

http://buycymbalta.gdn/ - where to buy cymbalta http://generic-advair.science/ - generic advair diskus no prescription http://voltaren-gel-1.trade/ - diclofenac http://arimidex-for-men.us/ - arimidex http://diflucan.red/ - diflucan http://buytriamterene.info/ - triamterene http://genericlevaquin.us/

asCeta87rxus 13.11.2016

http://prednisone-20mg.party/ - site here http://citalopram-online.trade/ - buy citalopram online http://clonidine-adhd.gdn/ - clonidine adhd

asCetat6uxm0 26.10.2016

http://lasix40mg.click/ - lasix 40 mg http://zithromaxonline.cricket/ - zithromax online http://propecia-cost.xyz/ - propecia

Anónimo 23.07.2012

Já vamos com mais de 50 dias de espera e nada...
Prometem mas não cumprem...

ver mais comentários
pub