Economia Fogo na Sertã já levou à retirada de 158 pessoas de casa

Fogo na Sertã já levou à retirada de 158 pessoas de casa

O incêndio que deflagrou na Sertã, distrito de Castelo Branco, já levou à retirada de 158 pessoas das suas casas, algumas das quais já regressaram, indicou pelas 19:00 de hoje a Protecção Civil, informando que o fogo lavra com "grande intensidade".
Fogo na Sertã já levou à retirada de 158 pessoas de casa
Reuters
Lusa 24 de julho de 2017 às 19:58

De acordo com a adjunta de operações da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) Patrícia Gaspar, o fogo na Sertã é o que concentra "maior número de meios" e que desperta "maior atenção" - está a ser combatido por 731 operacionais, auxiliados por 234 veículos e 12 meios aéreos.

 

No decorrer deste fogo, "158 pessoas foram retiradas das suas casas", disse Patrícia Gaspar, referindo que algumas já puderam regressar às habitações durante a manhã e outras estão ainda a ser deslocadas.

 

Além do incêndio na Sertã, que deflagrou no domingo à tarde e se alastrou aos concelhos de Mação (distrito de Santarém) e Proença-a-Nova (Castelo Branco), a Protecção Civil tem centrado as atenções noutros quatro fogos - um que lavra também em Castelo Branco, dois no distrito de Bragança e um em Évora.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Camponio da beira Há 3 semanas

Hoje descarreguei uma aplicação que dá os fogos do pais em tempo real. Pois meus amigos, a gente abre a aplicação e não se ê o mapa do pais, é só fogos. O PAÍS ESTÁ A ARDER. E como a maior parte é fogo posto por reincidentes, já sabem de que é a culpa.

Anónimo Há 3 semanas

Isto só acontece em Portugal. Ninguém fala de incêndios nos outros países. É urgente acabar com aquelas situações de terror e morte.

pub