Política Miguel Frasquilho vai deixar a AICEP

Miguel Frasquilho vai deixar a AICEP

Miguel Frasquilho vai abandonar a Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal (AICEP), revelou o próprio em entrevista à TSF e DN. Não revela o que vai fazer depois.
Miguel Frasquilho vai deixar a AICEP
Pedro Elias
Negócios 18 de Novembro de 2016 às 18:21

"Tenho o sentimento de missão cumprida", afirmou Miguel Frasquilho em entrevista à TSF e ao DN, revelando assim que não deverá renovar o mandato na liderança da AICEP.

 

Frasquilho, que foi nomeado pelo Executivo de Passos Coelho em Abril de 2014, diz que a sua saída não está relacionada com a mudança de Governo. "Foi uma iniciativa que partiu de mim e não tem rigorosamente nada a ver com o facto de ter havido uma mudança de Governo, ou se outras quaisquer leituras que possam ser feitas", acrescenta o mesmo responsável.

 

O presidente da AICEP não adianta o que vai fazer depois, afirmando não saber qual será o seu futuro. "Eu continuo muito concentrado na minha actividade na AICEP. Não tenho de sair no dia 31 de Dezembro de 2016 à meia-noite, em princípio nos primeiros meses de 2017 continuarei em funções, para fechar os dossiês referentes a 2016 ainda e a seu tempo se saberá o que irei fazer a seguir."




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António Há 2 semanas

Vamos lá a ver se acerto: O camarada Frasquilho está a preparar a sua candidatura às Câmaras de Setúbal ou de Lisboa ?

pertinaz Há 2 semanas

PUDERA

GRANDE NOVIDADE

NINGUÉM AGUENTA TRABALHAR COM TRAMBIQUEIROS

Anónimo Há 2 semanas

Este artista não era um alto quadro do BES? antes de ir para a AICEP?

Pedro Lima Há 2 semanas

De referir que os juros da nossa dívida pública a 10 anos estão nos 3.86% ou seja já só falta uma décima para atingirmos os 4%.

ver mais comentários
pub