Economia Freitas do Amaral: "Soares dedicou uma vida inteira ao país"

Freitas do Amaral: "Soares dedicou uma vida inteira ao país"

Adversário de Mário Soares nas presidenciais de 1986, Diogo Freitas do Amaral visitou Soares esta manhã. Visivelmente emocionado, diz que "as pessoas sabem bastante, mas não sabem tudo" sobre o que o ex-Presidente fez pelo país.
Freitas do Amaral: "Soares dedicou uma vida inteira ao país"
Meriline Alves
Paulo Zacarias Gomes 14 de dezembro de 2016 às 11:18
O antigo candidato presidencial Freitas do Amaral, que enfrentou Mário Soares nas eleições de 1986, manifestou-se "triste" com o estado de saúde do antigo Presidente da República e deixou uma palavra de "admiração" pelo que Soares "fez pelo país."

"Não estou desanimado, estou triste," disse, respondendo esta quarta-feira aos jornalistas à porta do hospital de Santa Cruz, onde Soares está internado em estado crítico desde a madrugada de terça-feira.

"Sabemos que a nossa hora tem de chegar. Espero que não seja esta mas, se tiver de ser, cá estamos para aguentar, seguir em frente e aprender com ele, que dedicou uma vida inteira ao país," disse, visivelmente emocionado, em declarações transmitidas pela RTP3.

Freitas recordou os anos seguintes ao 25 de Abril de 1974, em que foi líder do CDS, para destacar a amizade que o une ao antigo Chefe de Estado e a "admiração pelo que ele fez pelo país", acrescentando que "as pessoas sabem bastante, mas não sabem tudo", sobre o que fez por Portugal.

"Quando tantas outras pessoas mais próximas evitavam e algumas me chamavam fascista, ele acreditou sempre em mim, isso é uma coisa que nunca vou esquecer. Apesar de termos tido um confronto, mas a amizade é muito superior a isso," afirmou.

"Resta-nos esperar. No meu caso, que sou católico, que tudo corra sem sofrimento e como puder ser", concluiu.

O antigo Presidente da República continua internado em estado crítico, com "discreta melhoria no estado de consciência", tendo reagido a estímulos nas últimas horas. Ainda inconsciente, o prognóstico de saúde de Mário Soares continua reservado.

Mário Soares, de 92 anos, Chefe de Estado entre 1986 e 1996, deu entrada na madrugada desta terça-feira na Unidade de Cuidados Intensivos do hospital, em situação "crítica".



A sua opinião47
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Alves Alfredo 14.12.2016

O SR Freitas todos os portugueses deream o seu melhor pelo pais

comentários mais recentes
Anónimo 16.12.2016

"Que se há-de fazer desses brancos?
E Mário Soares disse:
"Atirá-los aos tubarões!"
À revista Spiegel disse ainda em 1974:
"Em caso de emergência atiraremos sobre os colonos brancos"

Sem dúvida, um dos meus heróis, logo depois da abelha Maia...

Anónimo 15.12.2016

Então o homem pediu para o levarem para a Cruz Vermelha, e agora já o mudaram para o Santa Cruz? Isto é o que consta no 2º parágrafo do comunicado.

Anónimo 15.12.2016

Está muito enganado mr, Freitas,,,Soares dedicou uma vida inteira ao seu umbigo e por cá ninguém teve a moral do o julgar pelo seu percurso sinuoso e de cumplicidades, talvez porque foi e é esse o percurso de muitos outros que ainda por aí andam...

Anónimo 15.12.2016

Ao que chegou sua ex.a, Freitas do Amaral. Tudo fez para obter o que a política lhe podia proporcionar.
Virou a casaca várias vezes para conseguir altos tachos... e agora, vejam, faz o elogio de quem sempre
se serviu alarvemente do país, ao contrário do que o Sr Freitas nos quer impingir...

ver mais comentários
pub