Emprego Governo abre concursos para 950 polícias e guardas

Governo abre concursos para 950 polícias e guardas

Ministério da Administração Interna publicou três concursos para a PSP e a GNR. Uns para ingresso nos quadros das polícias, outros para promoção. Ao todo são abertas 950 vagas.
Governo abre concursos para 950 polícias e guardas
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 22 de setembro de 2017 às 11:08

Foi publicada esta sexta-feira, 22 de Setembro, a abertura de três concursos para acesso a novas categorias profissionais na PSP (Polícia de Segurança Pública) e na GNR (Guarda Nacional Republicana). Ao todo, estão em causa 950 vagas para a formação de chefes, a formação de agentes e o ingresso na categoria de guardas.

Um dos diplomas formaliza a abertura de um concurso para a formação de 200 chefes na PSP, um procedimento que já tinha sido anunciado por Constança Urbano de Sousa na cerimónia dos 150 anos da PSP. Este concurso conduzirá à promoção de agentes, mas o despacho assinala que o avanço na carreira está condicionado a "eventuais limitações decorrentes do disposto na Lei do Orçamento do Estado".

Um segundo diploma autoriza a abertura, ainda este ano, de 400 vagas para a admissão ao curso de formação de agentes, "tendo em vista o ingresso nos quadros da PSP".

E um terceiro autoriza a abertura de 350 vagas para a admissão ao curso de ingresso na categoria de guardas, na GNR. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 22.09.2017

A Alfavaca da Cobra vem fazer um anúncio para caçar votos. Dos 900 só será alguns para a PSP e outros para a GNR. É mesmo política sem escrúpulos, caça ao voto!

J. SILVA 22.09.2017

Garotada completa. Estes incompetentes estão a onerar ainda mais o futuro. No Estado existe excesso de pessoal em todos os sectores. O problema é falta de organização e reestruturação dos serviços. Assim o desemprego diminui mas o subemprego aumenta à custa dos que são efectivamente trabalhadores.

General Ciresp 22.09.2017

Nunca o fiz no passado,nao vai acontecer agora,nem no futuro,dar tanta importancia a uma eleicao autarquica.Que coisa mais baixa esta gerigonca.Excedentarismo de pobreza,quem imaginaria tal,porra,porra.

POLICIA,GNR MILITARES VELHINHOS AOS 60 ANOS S/CORT 22.09.2017

VIVA LEI APOSENTAÇÃO DO TEMPO DO FASCISMO

Saber mais e Alertas
pub