Função Pública Governo abriu curso para admissão de 400 novos agentes para a PSP

Governo abriu curso para admissão de 400 novos agentes para a PSP

O Governo abriu um novo curso para admissão de mais 400 agentes da PSP, anunciou hoje a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa no 139º aniversário do Comando Regional da Madeira da Polícia de Segurança Pública (PSP).  
Governo abriu curso para admissão de 400 novos agentes para a PSP
Miguel Baltazar
Negócios 01 de setembro de 2017 às 19:24

"Ontem [quinta-feira] mesmo foi autorizada a abertura de um novo curso de admissão à PSP no montante de 400 novos agentes (...) que, no final, desse curso integrarão o dispositivo".

 

A ministra referiu ainda que, no âmbito da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos para as Forças e Serviços de Segurança serão investidos 454 milhões de euros na área da segurança até 2021.

 

A comandante do Comando Regional da Madeira da PSP, superintendente Madalena Amaral, revelou, por seu lado, que a criminalidade registada no primeiro semestre deste ano na região aumentou 5,5% em relação ao período homólogo de 2016, tendência que a polícia procurará "inverter no segundo semestre".

 

A responsável pelo Comando Regional da Madeira disse ainda que a polícia na região devia merecer um reconhecimento "ao mais alto nível".

 

"Muito embora a meu ver fosse de inteira justiça um reconhecimento ao mais alto nível da região, enquanto comandante não posso deixar de prestar publicamente a minha gratidão pelo esforço e dedicação da PSP da Madeira", declarou.

 

Madalena Amaral considerou ser importante repor a lei que estabelecia que uma parte das coimas e multas era para aplicar na região "em prol do serviço prestado aos madeirenses e porto-santenses".

 

A comandante disse também já ter soluções para as esquadras de Santa Cruz e da Ponta do Sol, que ficarão instaladas nas casas de funções dos antigos magistrados, e que a de Machico está em negociações com a Câmara para ser construída num edifício de raiz.

 

"Para o Porto Santo não foi ainda encontrada uma solução", lamentou.  

 

Entre os vários elementos da PSP distinguidos no âmbito deste aniversário estão dois chefes e dois agentes principais - com o Premio de Segurança Pública - pelo papel que desenvolveram nos incêndios de agosto de 2016 ao resgatarem cerca de 30 pessoas de uma área no Curral dos Romeiras que estava cercada pelo fogo.

 

O director nacional da PSP, superintendente chefe Luís Farinha, também participou na sessão solene do 139º aniversário do Comando Regional da Madeira da PSP.

 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

BEM PODES IR JOGAR FLIPPERS

Dono dos Burros Há 2 semanas

Não havia nexecidade ...

General Ciresp Há 2 semanas

Ainda nao percebeu que diz mais,mas muito mais com a boca fechada.Depois de dar a primeira NICA,podes ir todos os dias a comunhao,mas a virgindade nao volta.

pub
pub
pub
pub