Economia Governo aceita despesa dos incêndios no Orçamento mas deixa avisos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Governo aceita despesa dos incêndios no Orçamento mas deixa avisos

O debate onde Costa pediu desculpa pelos mais de 100 mortos nos incêndios do Verão serviu também para aceitar os pedidos de Marcelo.
Governo aceita despesa dos incêndios no Orçamento mas deixa avisos
Pedro Elias

O Governo prepara-se para encaixar no Orçamento do Estado para 2018 as medidas da floresta e de prevenção e combate aos incêndios que forem aprovadas e quantificadas já no Conselho de Ministros de sábado. Poré

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O histerismo politico pré preparado Há 4 semanas

e apoiados por criminosos incendiários. Levaram alguns a excederem-se nas sua opiniões. Nenhuma entidade oficial falou sobre tais pirómanos criminosos. Por exemplo o PR que cavalga e gere diariamente a emoção alheia, nada disse sobre criminosos. O aproveitamento miserável de alguns mostra as intenço

Criador de Touros Há 4 semanas

A enorme gravidade destas tragédias com mais de uma centena de mortos, coisa nunca vista em Portugal, coloca como principal responsável António Costa e o presidente Marcelo. Dois políticos incompetentes insensíveis a estas tragédias, o que sabem é bla bla, fotografias e siga a política do costume. Não há responsabilidade política em Portugal. Os socialistas, comunistas e comunistas bloquistas são tão incompetentes que não se preocupam em mostrar o oportunismo político, deixar andar e manter o poleiro. É triste ver o presidente Marcelo fazer o mesmo. A política em Portugal é só fingimento.

General Ciresp Há 4 semanas

As lagrimas de crocodilo deixadas ontem no barracao pelo d.branca sao de ODIO,NOJO,mas sobretudo de um TEATREIRO SEDENTO.Teve 1 oportunidade de emagrecer a gamela com a saida da padroeira,em vez disso mais um da ala para encher chourissos.Enquanto o povo se achar bem com as fantasias dele,ele e REI

Anónimo Há 21 minutos

É resultado de Portugal ter atingido o nível mais baixo de investimento público em percentagem do PIB desde 1960, numa altura em que tão grandes transformações nas sociedades, assentes no capital com elevada incorporação de tecnologia que poupa grandemente em factor trabalho elevando a produtividade, a competitividade, a eficiência e a economia de produtos, tarefas e processos, se está a dar em toda a parte. A assinatura de mais este triste descalabro, claro está, é a do PS e da sua geringonça das esquerdas unidas.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub