Justiça Governo aprova alterações ao mapa judiciário

Governo aprova alterações ao mapa judiciário

Entre as mudanças está a reactivação de 20 circunscrições extintas, e 23 das anteriormente denominadas secções de proximidade, "voltam a praticar actos judiciais".
Governo aprova alterações ao mapa judiciário
Miguel Baltazar
Lusa 22 de dezembro de 2016 às 15:29
O Conselho de Ministros aprovou hoje o decreto que regulamenta as alterações introduzidas à Lei da Organização do Sistema Judiciário, que vai reactivar 20 circunscrições extintas e aproximar a justiça dos cidadãos.

Segundo comunicado do governo, as alterações aprovadas definem o regime aplicável à organização e funcionamento dos tribunais judiciais de primeira instância e introduzem os "ajustamentos estritamente indispensáveis para assegurar a proximidade recíproca da justiça e dos cidadãos", em dois segmentos fundamentais: no plano dos julgamentos criminais e no domínio da jurisdição de família e menores.

No final da reunião, a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem (na foto), salientou que, na área de Família e Menores, as alterações introduzidas aproximam a justiça de cerca de 800 mil pessoas, sendo que aproximadamente 190 mil têm uma idade até aos 19 anos.

Na área penal, as alterações aprovadas vão aproximar a justiça de cerca de 240 mil cidadãos, adiantou a ministra.

Segundo o Governo, com as alterações aprovadas "procede-se à reactivação das 20 circunscrições extintas, bem como em 23 das anteriormente denominadas secções de proximidade, nas quais voltam a praticar actos judiciais, especialmente audiências de julgamento relativas a crimes da competência do tribunal singular, refere a mesma nota.

Segundo o Governo, concretiza-se, desta forma, a "imprescindível aproximação entre o tribunal que julga a causa criminal e o local da comissão dos factos submetidos a julgamento, com ganhos evidentes também para o esclarecimento desses factos".

A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 22.12.2016


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL

comentários mais recentes
Anónimo 22.12.2016


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL

pub
pub
pub
pub