Política Governo concede tolerância de ponto no dia 26 de Dezembro na função pública

Governo concede tolerância de ponto no dia 26 de Dezembro na função pública

O Governo vai conceder tolerância de ponto em 26 de Dezembro "aos trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração directa do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e institutos públicos", de acordo com um despacho assinado esta quinta-feira.
Governo concede tolerância de ponto no dia 26 de Dezembro na função pública
Bruno Simão/Negócios
Lusa 14 de dezembro de 2017 às 16:19
No despacho, assinado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, em substituição do primeiro-ministro, António Costa, que está em Bruxelas, é referido que esta é uma "prática que tem sido seguida ao longo dos anos" e uma "tradição existente no sentido da concessão de tolerância de ponto nos serviços públicos não essenciais na época do Natal".

"É concedida tolerância de ponto aos trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração directa do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e nos institutos públicos no próximo dia 26 de Dezembro de 2017", lê-se no despacho, a agência Lusa teve acesso.

As excepções, de acordo com o Executivo, são "os serviços e organismos que, por razões de interesse público, devam manter-se em funcionamento naquele período, em termos a definir pelo membro do Governo competente".

"Sem prejuízo da continuidade e da qualidade do serviço a prestar, os dirigentes máximos dos serviços e organismos referidos no número anterior devem promover a equivalente dispensa do dever de assiduidade dos respectivos trabalhadores, em dia a fixar oportunamente", é referido no despacho.

O Governo justifica ainda esta decisão com o facto de ser "tradicional a deslocação de muitas pessoas para fora dos seus locais de residência no período natalício tendo em vista a realização de reuniões familiares".



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 14.12.2017

No privado também dão o dia a seguir ao Natal...já agora porque é que o 1º Ministro não dá o resto da semana aos seus FPs,a situação financeira do Estado é tão robusta que mais dia menos dia não faz mossa às contas públicas e assim mais votos o PS ía ter nas próximas eleições!

Anónimo 14.12.2017

TUDO PÚBLICO, JÁ! ASSIM VIVEMOS TODOS FELIZES E CONTENTES.

Privado, poucas habilitações 14.12.2017

Entrei numa loja e a funcionária privada estava ao telemóvel e assim continuou, escusado será dizer que saí. É muito bom o privado!!!!!

Ora vamos lá 14.12.2017

Invejosos em 3..2..1

ver mais comentários
pub