Segurança Social Governo dá palco à OCDE para defender despedimentos mais fáceis
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Governo dá palco à OCDE para defender despedimentos mais fáceis

Uma equipa da OCDE vem esta quinta-feira a Lisboa elogiar a reforma laboral do anterior Governo, criticar a rigidez da Constituição e insistir em despedimentos mais fáceis – citando, em defesa da sua tese, estudos académicos de Mário Centeno. O ministro Vieira da Silva é o cicerone.
Governo dá palco à OCDE para defender despedimentos mais fáceis
Bruno Simão

Depois de ter sido acusado de esconder o relatório da OCDE sobre as reformas do mercado de trabalho lançadas pelo anterior Governo, Vieira da Silva recebe esta quinta-feira os técnicos do organismo internacional em Lisboa e organiza-lhes

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 4 dias

Percebe-se porque está o DESgoverno geringonço a contratar tudo e todos e a acabar com a "requalificação" dos FP...

Para poder DESPEDIR no PRIVADO!

dezanove Há 4 dias

No competitivo mercado global, face ao ultra rígido código laboral português, e à constituição que não evolui, ninguém - empresa ou particular -, no seu perfeito juízo, investe neste país. Cada vez estamos mais estado dependentes e a caminhar para o absoluto abismo.

Anónimo Há 4 dias

Despedimentos mais fáceis? Querem fazer o downgrade de salários sem qq custo? incluindo as grandes empresas que querem reestruturar-se de graça à custa do sangue dos trabalhadores, para os acionistas gastarem o dinheiro que deviam pagar em planos de saida com pes e cabeça em jantaradas e nas p.tas

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub