Política Governo espanhol já tomou posse

Governo espanhol já tomou posse

A tomada de posse dos 13 ministros - que já reuniram esta sexta-feira - pôs fim a 320 dias em que Espanha esteve com um executivo em funções com poderes limitados.
Governo espanhol já tomou posse
Reuters
Lusa 04 de Novembro de 2016 às 11:19
Os 13 ministros do novo Governo espanhol tomaram hoje posse em Madrid numa cerimónia de juramento presidida pelo rei Felipe VI e na presença do chefe do executivo, Mariano Rajoy, que já tinha sido empossado na segunda-feira passada.

Os oito homens e cinco mulheres liderados pelo presidente do executivo realizaram em seguida o primeiro Conselho de Ministros da legislatura de quatro anos.

A tomada de posse pôs fim a 320 dias em que Espanha esteve com um executivo em funções com poderes limitados.

Sete dos ministros já faziam parte do anterior executivo, também liderado por Mariano Rajoy: Luis de Guindos na Economia (Finanças), Cristóbal Montoro na Fazenda, Fátima Báñez no Emprego, Soraya Sáenz de Santamaría na vice-presidência, Rafael Catalá na Justiça, Íñigo Méndez de Vigo na Educação e Isabel García Tejerina na Agricultura.

Seis ministros são estreantes: Alfonso Dasti nos Assuntos Exteriores (Negócios Estrangeiros, María Dolores de Cospedal na Defesa, Juan Ignacio Zoido no Interior (Administração Interna), Íñigo de la Serna no Fomento, Álvaro Nadal na Energia, Turismo e Agenda Digital e Dolors Montserrat na Saúde.

O novo Governo é apoiado apenas pelo Partido Popular (PP, direita) que no Congresso de Deputados tem 137 deputados num total de 350.

O PP foi o partido mais votado, mas sem conseguir a maioria absoluta, tanto nas eleições que se realizaram a 20 de Dezembro de 2015 como nas eleições de 26 de Junho último, em que aumentou a percentagem de votantes e o número de deputados.

O PP teve em Junho 33,0% dos votos e 137 deputados, seguido pelo PSOE com 22,7% e 85 deputados, Unidos Podemos (extrema-esquerda) com 21,1% e 71 deputados e Cidadãos (centro) com 13,0% e 32 deputados.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Ao comparar Espanha para Portugal é o mesmo que comparar a África do Sul com a Guiné Bissau.
Continuamos a ser um País de mentes do século passado, rurais, pequenos comerciantes e lavadores de escadas quando emigramos, mas com um ego elevado de quem não faz nada, e quer enriquecer rapidamente.

pub
pub
pub
pub