Função Pública Governo quer mais "coerência e equidade" nas carreiras do Estado
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Governo quer mais "coerência e equidade" nas carreiras do Estado

O Governo ainda vai dar orientações aos serviço para o pagamento das progressões. Finanças voltam a revelar a intenção de garantir maior “coerência e equidade” entre carreiras.
Governo quer mais "coerência e equidade" nas carreiras do Estado
Miguel Baltazar/Negócios
Catarina Almeida Pereira 29 de novembro de 2017 às 22:55

Tem sido um tema especialmente sensível para os professores, que resistem a mudanças na estrutura da carreira. Num comunicado emitido esta quarta-feira ao final do dia, após reuniões com os sindicatos, o Governo reitera

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
policia,gnr,militar velhinhos 60 anosSEM CORTES Há 1 semana

VIVA LEI APOSENTAÇÃO DO TEMPO DO FASCISMO

OS TUGAS MANSOS QUE TRABALHEM ATE AOS 66 ANOS E 4 MESES

tec informatica lic, mais 20 anos s/subir categori Há 1 semana

TODOS DEVEM SER OBRIGADOS A TRABALHAR 48 ANOS, COMO EU
EU NÃO SOU GRUNHO E NÃO QUERO SER ESCRAVO DE PRETOS, CIGANOS E OPORTUNISTAS DO PUBLICO E PRIVADO
PORTUGAL ESTA CHEIO DE XULECOS

Anónimo Há 1 semana

O grande assalto está em marcha. Pobre Poortugal.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub