Transportes Governo quer melhorar a rede rodoviária nacional e municipal até 2020

Governo quer melhorar a rede rodoviária nacional e municipal até 2020

O Governo quer melhorar a rede rodoviária nacional e municipal até 2020 e reduzir os acidentes, segundo o Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária (PENSE 2020) que está em consulta pública até 8 de Janeiro de 2017.
Governo quer melhorar a rede rodoviária nacional e municipal até 2020
Bruno Simão
Lusa 09 de dezembro de 2016 às 22:47

No documento, a que a agência Lusa teve hoje acesso, um dos objectivos do Governo é melhorar a segurança das infraestruturas, nomeadamente uma rede rodoviária melhor, apesar de "Portugal já possuir uma rede rodoviária nacional estabilizada, composta por uma comparativamente elevada percentagem de autoestradas, e considerada em termos internacionais como das mais seguras".

 

Contudo, não dispõe "de instrumentos de avaliação e classificação do seu risco, nem de ferramentas que permitam a gestão da respetiva segurança, através da introdução das contramedidas mais favoráveis em termos de uma relação de custo/benefício".

 

E apesar de a rede municipal ter uma extensão dez vezes superior à rede rodoviária nacional, "não está sujeita a normas comuns de projeto, execução, sinalização e manutenção, nem a regras de supervisão".

 

Outro dos objectivos operacionais assinalados no PENSE 2020 é ter condutores com comportamentos mais seguros, tendo em conta que o factor humano "é, de longe, aquele que mais contribui para a sinistralidade rodoviária".

 

Para isso, aposta-se na educação formal e na formação específica de todos os utentes da via pública, alertando para a necessidade de serem adoptados comportamentos mais seguros, com especial incidência no desenvolvimento de programas para a promoção de comportamentos seguros.

 

Neste item, o documento da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) apela à intervenção das autarquias locais pela maior proximidade que têm com as populações e os utilizadores da via pública, dentro das localidades e no contexto rural.    

 

O plano visa também veículos mais seguros nas estradas e isso passa pelo reforço da importância da classificação das condições de segurança, através do lançamento de medidas que incentivem a compra de veículos com maiores condições de segurança e que tornem o parque de viaturas usadas mais seguro.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António 10.12.2016

Aqui vai uma lembrança: convidem o ministro da tutela a viajar entre Alcácer do Sal e Grândola !

Anónimo 10.12.2016

Qual rede nacional?So conheco uma:os 18 mais um que compoem a gerigonca,defacto ja tardava tal noticia!

pub
pub
pub
pub