Saúde Governo vai a Londres tentar trazer "polícia dos medicamentos" para Portugal

Governo vai a Londres tentar trazer "polícia dos medicamentos" para Portugal

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus e o ministro da Saúde vão esta segunda-feira à capital britânica reforçar a intenção de atrair a Agência Europeia do Medicamento para Lisboa, na sequência do Brexit.
Governo vai a Londres tentar trazer "polícia dos medicamentos" para Portugal
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 10 de fevereiro de 2017 às 18:18

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, vão estar em Londres na segunda-feira, 13 de Fevereiro, para reforçar publicamente a intenção de acolher a Agência Europeia do Medicamento em Lisboa caso o Brexit leve à deslocalização da instituição. 

A disponibilidade do Governo para trazer a EMA (na sigla inglesa) para Portugal, na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia, já tinha sido transmitida, mas este será o primeiro contacto público do Executivo com a gestão da agência, em que estarão ainda presentes membros da direcção do 
Infarmed.

 

Num comunicado, o Executivo diz-se "convicto de que Lisboa é a cidade mais adequada para esta relocalização" e que o país se mostrará empenhado "num rápido processo de transição que minimize o impacto das actividades regulares" da agência, oferecendo "condições de estabilidade para o funcionamento de todo o sistema".

Além da segurança e da abertura cultural, destaca ainda o bom clima e os "preços acessíveis" de Lisboa como vantagens competitivas. 

A disponibilidade para receber a agência que emprega quase 900 pessoas em Londres e supervisiona um mercado que abrange 500 milhões de consumidores de fármacos no Velho Continente tinha sido transmitida em Novembro passado por Margarida Marques. 

Portugal junta-se assim a cerca de uma dezena de Estados-membros da União Europeia que nos últimos meses se mostraram prontos a acolher este serviço, como a França, a Dinamarca, a Hungria, a Bulgária, Itália ou Alemanha.

De acordo com fonte do Ministério da Saúde, a decisão de possível deslocalização daquele serviço cabe aos países da União Europeia que se reúnem na EMA.

A agência apoia interacções entre as entidades nacionais responsáveis pelas políticas de medicamentos e protege a saúde pública e animal nos 28 Estados-Membros da UE e nos países do Espaço Económico Europeu, acrescenta o comunicado.

Lisboa é actualmente sede de duas agências europeias: o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (estabelecido em 1993 e inaugurada em 1995 e que emprega 110 pessoas) e a Agência Europeia de Segurança Marítima (criada em 2003, emprega mais de 200 trabalhadores).

(Notícia actualizada às 22:11 com rectificação da entrada e primeiro parágrafo depois de esclarecimentos do Ministério da Saúde)




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O PSD igual a si próprio. Dá o dito por não dito 17.06.2017

O PSD fez um 'lobby' nortenho, mesmo contrariando o voto favorável que já fez na AR, para que a Agência do Medicamento viesse para Lisboa.
Ou seja, dá o dito por não dito., mesmo sabendo que esta divisão pode levar a que Portugal seja excluído.
Eles estão a borrifar-se para o país.

PARA O PSD INTERESSA NÃO O PAÍS MAS O PARTIDO 17.06.2017

Este 'lobby' do PSD nortenho é manifestamente um golpe político e nada tem a ver com a ida da Agência do Medicamente para a terra dos bimbos.
Trata-se apenas de um ataque político ( POR ISSO É SÓ GENTE DO PSD ) contra o Governo, mesmo sabendo que esta divisão pode gorar a vinda da Agência

DJ viajante 20.04.2017

A força da nossa politica. Costa actedita tanto, quer de tal forma a agência que manda a Londres 2 esbirros. ZERO.

pertinaz 11.02.2017

ACORDARAM 6 MESES DEPOIS ... ESTE ADALBERTO É UMA FRAUDE ...

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub