Saúde Greve dos enfermeiros: Costa tem esperança de um acordo com o SEP nos próximos dias

Greve dos enfermeiros: Costa tem esperança de um acordo com o SEP nos próximos dias

O primeiro-ministro manifestou esperança de que nos próximos dias Governo e Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) cheguem a um acordo e sustentou que o projectado descongelamento das carreiras vai beneficiar especialmente o sector de enfermagem.
Greve dos enfermeiros: Costa tem esperança de um acordo com o SEP nos próximos dias
Ricardo Castelo
Lusa 13 de setembro de 2017 às 22:49

António Costa falava aos jornalistas no final de uma reunião do Grupo Parlamentar do PS, depois de questionado sobre o diferendo entre o executivo e o sector profissional dos enfermeiros. Nas suas declarações, o primeiro-ministro apenas se referiu ao SEP, "que tem mantido negociações com o Governo desde Abril", e não aos dois sindicatos que avançaram para a greve, SIPE (Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem) e SE (Sindicato dos Enfermeiros).

 

"Tem havido uma postura construtiva por parte do Governo para procurar identificar questões que são justas, que são compatíveis com a nossa estratégia orçamental e tendo em conta o equilíbrio que temos de ter entre as diferentes carreiras, entre as carreiras gerais, para não criar situações de desigualdade relativa. Esse é o trabalho que tem sido feito pelos ministérios da Saúde e das Finanças e tenho esperança de que se encontre um acordo com o SEP nos próximos dias", declarou António Costa. 

 

Em relação ao descongelamento das carreiras, o primeiro-ministro disse que se trata de um dos assuntos em discussão com o SEP. "O descongelamento de carreiras será especialmente benéfico no caso dos enfermeiros, já que têm um sistema de avaliação e de pontuação majorado relativamente aos outros quadros da administração pública. O impacto será mais positivo", sustentou.

 

Outro tema que tem estado em análise, segundo António Costa, é relativo à aplicação das 35 horas de trabalho semanais para enfermeiros com contratos individuais de trabalho.

 

"Há também a situação específica das novas gerações de enfermeiros especialistas que têm uma situação diferenciada face aos antigos enfermeiros especialistas e aos enfermeiros gerais. São estes os temas que têm estado em análise, ainda não há acordo, mas está marcada uma nova reunião para prosseguir a negociação com o SEP, creio que para quinta-feira", referiu António Costa.




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga 14.09.2017

Ó Bosta é só voltares a ABRIR AS PERNAS (DO CONTRIBUINTE!)... E nisso és o maior! exímio!

Anónimo 14.09.2017

MINISTRO REVIU TODAS AS CARREIRAS Á EXCEPÇÃO DA DOS ENFERMEIROS, COM AUMENTOS AUTOMÁTICOS QUE RONDAM NO MÍNIMO 400 EUROS NOS ORDENADOS BASE.
GASTA 87% DO BOLO DO SNS EM ORDENADOS DOS MÉDICOS.
EM PLENA CRISE AUMENTOU MÉDICOS EM 980 EUROS, E ISSO NÃO CONSIDEROU IMORAL

Anónimo 14.09.2017

ESTE SEP É A DESGRAÇA DOS ENFERMEIROS. ESPEREMOS QUE VÁ DURAR POUCO, TEMPO COM A AVALANCHE DE ENFERMEIROS QUE ESTÁ A SUSPENDER A FILIAÇÃO NESTE SINDICATO. SÓ DEFENDE O INTERESSE DO SEU PARTIDO: PCP. ESTE GOVERNO É UMA VERGONHA INSISTE EM HUMILHAR OS ENFERMEIROS. HÁ DINHEIRO PARA TODOS.

Anónimo 14.09.2017

COMO É POSSÍVEL SEPQUERER QUE TODOS OS ENFERMEIROS, A PARTIR DO MOMENTO QUE TIREM ESPECIALIDADE, SUBAM 2 ESCALÕES?? ENTÃO VAI DEIXAR DE HAVER ENFERMEIROS GENERALISTAS. ISSO SERIA DESPERDÍCIO QUANDO NEM SEQUER CONSEGUIRAM, EM 8 ANOS, EXIGIR CONCURSO PARA IR DE ENCONTRO Á LEI: ENFERMEIROS PRINCIPAIS.

ver mais comentários
pub