Mundo Hindus exigem à Walmart retirada imediata do boneco Ganesh

Hindus exigem à Walmart retirada imediata do boneco Ganesh

A comunidade hindu nos EUA exige que a retalhista norte-americana Walmart retire de venda o boneco Ganesh e peça desculpas.
Hindus exigem à Walmart retirada imediata do boneco Ganesh
Negócios 25 de dezembro de 2017 às 13:54

A comunidade hindu instou a Walmart a retirar "imediatamente" o boneco "Ganesh Plush Doll" da venda, considerando-o altamente inapropriado.

 

O líder norte-americano/hindu Rajan Zed disse esta segunda-feira, numa declaração feita no Nevada, que Lord Ganesh é muito respeitado no hinduísmo e que deve ser venerado em templos ou em altares em casa, não devendo ser atirado de qualquer maneira nem andar pelo chão, por casas de banho, carros, etc., ou ser pisado, espremido ou usado como almofada ou bola de jogar.

 

O uso inadequado de divindades ou conceitos hindus para propósitos comerciais não está certo e fere a sensibilidade dos seus devotos, acrescentou.

 

Rajan Zed, que é presidente da Universal Society of Hinduism, exigiu também que o CEO da Walmart, Doug McMillon, bem como o presidente do conselho de administração da retalhista, Gregory B. Penner, apresentem um pedido de desculpas formas, além de retirarem o Ganesh Plush Doll do seu website.

Zed sublinhou que, no hinduísmo, Lord Ganesh tem sido venerado como deus da sabedoria, que elimina obstáculos, e que é invocado antes do arranque de grandes empreendimentos; mas que agora a Walmart diz na descrição do produto que Lord Ganesh "é também o deus da fofura" devido ao boneco que a retalhista listou como "novidade religiosa" e "prenda gira".




pub