Mundo Human Rights Watch: Guterres tem potencial para garantir uma mudança significativa

Human Rights Watch: Guterres tem potencial para garantir uma mudança significativa

O director para a ONU na Human Rights Watch defendeu que António Guterres, hoje indicado como favorito para secretário-geral das Nações Unidas, tem "o potencial de garantir uma mudança significativa na abordagem dos direitos humanos".
Human Rights Watch: Guterres tem potencial para garantir uma mudança significativa
Reuters
Lusa 05 de Outubro de 2016 às 20:30

Numa reacção enviada à Lusa por correio electrónico, Louis Charbonneau escreveu que, "com António Guterres, o Conselho de Segurança optou por um defensor dos refugiados com o potencial de garantir uma mudança significativa na abordagem dos direitos humanos num momento de grandes desafios".

 

"Em última análise, o próximo secretário-geral da ONU será avaliado pela sua capacidade de confrontar as próprias forças que o escolheram - seja em questões sobre a Síria, Iémen, Sudão do Sul, a crise dos refugiados, as alterações climáticas ou sobre qualquer outro problema que venha a cruzar o seu caminho", acrescentou o responsável da organização, sediada em Nova Iorque.

 

O antigo primeiro-ministro português António Guterres foi hoje indicado como favorito para secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pelo Conselho de Segurança à Assembleia-geral, que deverá aprovar o seu nome dentro de alguns dias.

 

O Conselho de Segurança anunciou hoje que o português é o "vencedor claro" da votação, recebendo 13 votos de encorajamento e duas abstenções, uma das quais de um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança com direito de veto.

 

Este órgão, com poder de veto, deverá aprovar na quinta-feira uma votação formal a indicar o nome de António Guterres para a Assembleia-Geral das Nações Unidas, formalizando assim a eleição do sucessor de Ban Ki-moon.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Amnésia Há 4 semanas

A HRW deve achar que as mortes jugoslavas, provocadas pelos bombardeamentos americanos foram uma bênção divina e este como beato apoiou e aprovou. F da P. Este é outro Barroso.

Anónimo Há 4 semanas

Vou deixa-los por hoje porque amanha e mais um dia de trabalho,mas continuem a falor do falseador,falem toda a noite,falem tudo,mas acabem essa porcaria ao fim da madrugada para nao me obrigarem amanha a ter outro jornal a minha frente.Ja vi quem sao os portugas de ELITE SO MERD..

Anónimo Há 4 semanas

Nao conhecem este ladrao, eu dou umas luzes:este passarinho para fazer uma OMOLETE de 6 ovos precisava de 6.000.000 ovos,podem achar anormal mas se recuarem ao tempo em que ele foi primeiro ministro,verificam que eu nao estou a mentir.E isto que a ONU precisa?

pub
pub
pub
pub