Autarquias Ilda Figueiredo é a candidata da CDU à Câmara do Porto

Ilda Figueiredo é a candidata da CDU à Câmara do Porto

A CDU vai avançar com a candidatura de Ilda Figueiredo à Câmara Municipal do Porto nas próximas eleições autárquicas, noticia hoje o Jornal de Notícias, citando fonte do PCP.
Ilda Figueiredo é a candidata da CDU à Câmara do Porto
Sónia Caldas/CM
Negócios 22 de janeiro de 2017 às 11:24

A CDU vai avançar com a candidatura de Ilda Figueiredo à Câmara Municipal do Porto nas próximas eleições autárquicas, noticia hoje o Jornal de Notícias, citando fonte do partido.

O anúncio oficial será feito a 03 de fevereiro, no Porto, pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, escreve o JN, citando Jaime Toga, membro da Comissão Política do Comité Central do partido.

Economista de formação e com várias candidaturas autárquicas no currículo, Ilda Figueiredo desempenhou já funções como vereadora no Porto e como deputada, tanto na Assembleia da República como no Parlamento Europeu.

De acordo com o JN, será a cabeça-de-lista da Coligação Democrática Unitária (CDU-PEV) à Câmara do Porto nas eleições a realizar este ano.

É a terceira candidatura anunciada à autarquia portuense, depois de Álvaro Almeida pelo PSD e do independente Rui Moreira, atual presidente do município e que tem o apoio formal do PS e do CDS, que decidiram não apresentar candidato próprio.

"É uma candidatura com a preocupação de fazer convergir muitos sectores da cidade", diz ao jornal o dirigente comunista.

O JN recorda que Ilda Figueiredo exerceu vários mandatos como deputada (1979-1991), eurodeputada (1999-2012) e vereadora nas câmaras do Porto, Gaia e Viana do Castelo.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 dia

Aparte:que o partido nao queira ser passado aos netos pode ter logica(imaturidade)mas podia passar aos filhos,mas nao, porque mesmo ate eles nao sao de confiar.O canhoto jeronimo com as potencialidades q apresenta tem no minimo 107 anos,agora 1 avozinha a ser puxada para a camara mais imp. do pais.

pub