Economia Incêndios: 12 habitantes de aldeias em Abrantes retirados das suas casas

Incêndios: 12 habitantes de aldeias em Abrantes retirados das suas casas

Doze habitantes de aldeias afectadas por um incêndio no concelho de Abrantes foram retiradas por precaução das suas casas, com o fogo, um dos quatro por dominar em Portugal continental, a mobilizar mais operacionais, informou hoje a Protecção Civil.
Incêndios: 12 habitantes de aldeias em Abrantes retirados das suas casas
Cofina Media
Lusa 10 de agosto de 2017 às 22:41

A informação foi prestada aos jornalistas pela adjunta de operações nacional da Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar, na sede da entidade, em Carnaxide, em Oeiras, num novo balanço, ao fim da tarde, sobre os incêndios em curso.

 

Patrícia Gaspar precisou em declarações à Lusa, no final do balanço, que foram retiradas das suas casas, por precaução, pessoas mais vulneráveis, incluindo idosos, duas crianças e um doente acamado, que vivem nas aldeias de Pucariça, Braçal, Medroa, Vale de Chóis, Aldeia do Mato e Carreira do Mato.

 

As pessoas foram encaminhadas para o regimento de apoio militar de emergência em Abrantes e para o centro social de Souto, podendo regressar às suas habitações assim que estiverem reunidas novamente as condições de segurança, adiantou.

 

Durante a tarde, a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, afirmou que foram retiradas 50 pessoas das aldeias evacuadas.

 

No combate às chamas, dificultado por "ventos muito inconstantes", que propiciam "novos focos de incêndio", estavam envolvidos, ao final da tarde de hoje, 663 operacionais, auxiliados por oito meios aéreos, incluindo dois aviões espanhóis, indicou Patrícia Gaspar.

 

Segundo a ANPC, havia pelas 19:00 mais três incêndios por dominar, em Grândola (Setúbal), Mealhada (Aveiro) e Montemor-o-Velho (Coimbra).

 

Desde as 00:00 de hoje, a ANPC registou 169 fogos florestais. Patrícia Gaspar alertou para o risco de incêndio nos próximos dias, devido à previsão do aumento da temperatura e de vento moderado a forte, mantendo-se o alerta laranja.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga 11.08.2017

Sai mais um PUDITORIO ?!?!!?

O tuga ASQUEROSO e TROGLODITA deveria ser extinto do planeta, de tão CRIMINOSO e PORC*O que é!

1/3 da area ardida na Europa é da CAGADEIR*A tuga....
Se isto não faz corar de vergonha cá a CAGADEIR*A....

Mas ó Sr. primeiro 10.08.2017

Então não vem dar apoio à presidente da cma, sua amiga do PS!?
O Sr. hiberna com um calor? Que hábito estranho!
Ah tábêm, fugiu para o Algarve, o mais longe dos incêndios, pode sair chamuscado.
Já sabe, pelo Focus group, que a sua popularidade é sempre a subir, ou será a descer!

pub