Economia Incêndios: CDS propõe dedução de despesas de reconstrução de bens no IRS de 2017

Incêndios: CDS propõe dedução de despesas de reconstrução de bens no IRS de 2017

Assunção Cristas enviou esta manhã uma carta ao chefe do Governo com um conjunto de 43 propostas onde se mostra disponível para construir um consenso na resposta imediata e estrutural aos incêndios.
Incêndios: CDS propõe dedução de despesas de reconstrução de bens no IRS de 2017
Bruno Simão/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 26 de outubro de 2017 às 12:00

Assunção Cristas enviou esta manhã a António Costa uma carta onde se disponibiliza para um consenso que evite novas tragédias, como as de Junho e Outubro provocadas pelos incêndios, e onde deixa ao chefe do Governo 43 medidas que o CDS defende. Entre as propostas está a criação, na declaração de IRS relativa ao ano de 2017, da possibilidade de "deduzir todas as despesas com o combate ao fogo e a reconstrução de todos os bens destruídos nos incêndios que deflagraram no ano de 2017".

Na carta, a líder centrista explica que se trata de propostas de resposta imediata mas também de médio prazo. "São propostas construtivas para responder com justiça e rapidez às vítimas dos incêndios e garantir uma reconstrução rápida do tecido produtivo, bem como medidas para reformas estruturais no ordenamento e na protecção do território", lê-se na carta a que o Negócios teve acesso.

Assunção Cristas justifica que as medidas agora sugeridas resultam de um debate interno que beneficiam de um contacto no terreno. "Contribuem para a reforma que todos temos de empreender, recolhidas de relatórios e estudos, da análise dos erros e da leitura das recomendações, com o propósito de agir com determinação. São ainda fruto do trabalho no terreno, junto das populações, trabalho que continua e do qual poderão decorrer mais propostas, como as que nos continuam a fazer chegar. Também no quadro do Orçamento do Estado o CDS apresentará as suas propostas, em linha com as questões aqui sinalizadas."

A líder do CDS entende que "é a clareza nos diferentes pontos de vista que nos permite caminhar para consensos". Costa tem pedido consenso nesta matéria.  

As medidas estão divididas em três áreas: reconstrução, território e protecção. 




pub