Economia Incêndios: Estão concluídos 25 processos de indemnização

Incêndios: Estão concluídos 25 processos de indemnização

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou este sábado que já estão concluídos 25 processos de indemnização relativos às vítimas mortais dos incêndios de 2017 e que o pagamento será feito pelo Ministério das Finanças durante a próxima semana.
Incêndios: Estão concluídos 25 processos de indemnização
Ricardo Almeida
Lusa 06 de janeiro de 2018 às 15:35

Em declarações aos jornalistas, no final de uma visita ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, António Costa disse que a provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, fez chegar ao seu gabinete, na sexta-feira, "primeiro, de manhã, os primeiros 16 processos que estavam concluídos, e ao fim do dia mais nove processos que estão concluídos".

 

"E foi proferido já o despacho para se proceder ao pagamento por parte do Ministério das Finanças, que ocorrerá durante a próxima semana, e, em segundo lugar, para a senhora ministra da Justiça transmitir à senhora procuradora-geral da República esses processos para eventual exercício do direito de regresso", acrescentou.

 

António Costa explicou que o direito de regresso será exercido "se vierem a ser identificadas responsabilidades que possam levar o Estado a exigir o direito de regresso destas indemnizações que adianta".

 

O primeiro-ministro disse que estes 25 processos concluídos são relativos "a 25 vítimas mortais".

 

Questionado sobre os valores já aprovados, respondeu que "essas informações serão transmitidas exclusivamente pela senhora provedora de Justiça", porque assim ficou estabelecido.

 

A Provedoria de Justiça fixa os montantes e o Governo procede ao pagamento, salientou António Costa: "A nós cumpre-nos exclusivamente executar aquilo que foi determinado pela senhora provedora e é isso que faremos".

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Os incêndios é um negocio sujo da direi-talha. Há 1 semana

E os criminosos que incendiaram o País,quem lhes pagou,é preciso justiça há mortes e destruição.