Política Incêndios: PCP vê medidas positivas, mas aponta falta de "quantificação orçamental"

Incêndios: PCP vê medidas positivas, mas aponta falta de "quantificação orçamental"

O PCP defendeu este domingo que, apesar de o Governo ter aprovado medidas positivas sobre incêndios, há "omissões diversas e ausência de quantificação orçamental ou de meios" para as concretizar, considerando "imprescindível" um orçamento reforçado para defender a floresta.
Incêndios: PCP vê medidas positivas, mas aponta falta de "quantificação orçamental"
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 22 de outubro de 2017 às 14:51
Em conferência de imprensa na sede do partido, em Lisboa, João Frazão, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, reagiu às medidas aprovadas pelo Governo, no Conselho de Ministros extraordinário de sábado, entre as quais a reforma da Proteção Civil e a resposta de emergência às vítimas.

"A dimensão dos problemas reclama uma séria resposta que exige determinação política, medidas integradas na sua abordagem, opções orçamentais. A par de medidas em sentido positivo registam-se para já, nas decisões adoptadas pelo Governo, omissões diversas, ausência de quantificação orçamental ou de meios e outros recursos para as concretizar", considerou.

O PCP avisou que "não será à custa de direitos e rendimentos que esses meios deverão ser alcançados".

De acordo com o dirigente comunista, é imprescindível "um verdadeiro orçamento para a defesa das florestas e contra os incêndios, com verbas muito reforçadas".

"Nos próximos dias, no debate do Orçamento do Estado, se verá a determinação do Governo em acomodar esses custos", disse.



Saber mais e Alertas
pub