Saúde Infarmed apanhado de surpresa por anúncio de ida para o Porto

Infarmed apanhado de surpresa por anúncio de ida para o Porto

O anúncio de que a sede do Infarmed será transferida para o Porto em 2019 surpreendeu o próprio instituto, mas também a indústria farmacêutica e até o presidente da Câmara do Porto, adianta o Diário de Notícias.
Infarmed apanhado de surpresa por anúncio de ida para o Porto
João Santos/Correio da Manhã
Negócios 22 de novembro de 2017 às 09:35

A transferência para o porto da sede do Infarmed, que o Governo anunciou esta terça-feira pretender concretizar a partir de 1 de Janeiro de 2019, terá sido uma reacção ao facto de a cidade ter saído derrotada na corrida à sede da Agência Europeia do Medicamento, escreve o Diário de Notícias na sua edição desta quarta-feira, 22 de Novembro.

 

Segundo o jornal, a própria direcção do Infarmed não estava previamente informada pelo Governo e o mesmo se passou com o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira. A decisão do Executivo, escreve o jornal, não terá sido enquadrada em nenhum planeamento prévio, surgindo em reacção aos acontecimentos do dia.

 

A comissão de trabalhadores do Infarmed tornou público que todos foram apanhados de surpresa e que a decisão não foi técnica, mas sim política.

 

Ontem, Adalberto Campos Fernandes recusou que esta decisão tenha sido uma compensação pela perda da Agência Europeia do Medicamento, mas salientou que o governo entende que "o Porto merece mais do que aquilo que recebeu" na votação cujo desfecho ontem foi conhecido.




pub