Saúde Infarmed retira do mercado produtos capilares que podem colocar em risco saúde

Infarmed retira do mercado produtos capilares que podem colocar em risco saúde

A autoridade nacional do medicamento (Infarmed) anunciou esta quarta-feira a retirada do mercado de todos os lotes capilares da marca Analea por conterem mistura de conservantes proibidos que podem colocar em risco a saúde humana.
Infarmed retira do mercado produtos capilares que podem colocar em risco saúde
João Santos/Correio da Manhã
Lusa 19 de Outubro de 2016 às 12:13

Em comunicado, o Infarmed esclarece que os lotes de produtos capilares da marca Analea possuem uma mistura de ingredientes cuja utilização é proibida em produtos cosméticos não enxaguáveis desde 16 de Abril deste ano.

 

Por isso, o Infarmed ordenou a suspensão imediata da comercialização e a retirada do mercado destes produtos.

 

Em causa estão os produtos Analea Afro Ativador de Cachos, Blindagem Concentrada do Kit Analea Nutretrat Blindagem Construtora Capilar, Defrizante do Kit Profissional de Alisamento e Relaxamento Guanidina Jaborandi Regular, Propolis Natural Creme para Pentear e Analea Umidix Creme para Pentear Humidificante Multi S.O.S.

 

"A utilização de produtos não enxaguáveis contendo esta mistura de conservantes pode colocar em sério risco a saúde humana por induzir alergia de contacto", anunciou o Infarmed.

 

Por isso, a autoridade nacional do medicamento determinou a suspensão de venda do produto e pediu aos consumidores que os adquiriram que não os utilizem.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub