Conjuntura Inflação sobe na Zona Euro mas menos do que o esperado

Inflação sobe na Zona Euro mas menos do que o esperado

A taxa de inflação na Zona Euro subiu para 1,5%, revelou esta quinta-feira o Eurostat. Os economistas previam uma subida mais acentuada.
Inflação sobe na Zona Euro mas menos do que o esperado
Sara Antunes 30 de novembro de 2017 às 10:27
A taxa de inflação subiu de 1,4%, em Outubro, para 1,5%, em Novembro, revelou o Eurostat esta quinta-feira, 30 de Novembro. 

Esta subida de preços no consumidor foi inferior ao previsto pelos economistas consultados pela Bloomberg, que apontavam para uma inflação de 1,6%.

A contribuir para a subida da inflação esteve essencialmente a energia, cujos preços aumentaram 4,7%, quando no mês anterior a subida tinha sido de 3%.

A inflação core, que exclui a energia, alimentação e tabaco manteve-se nos 0,9% no mês em análise. Os economistas previam que a inflação ficasse em 1%.

Na quarta-feira foi conhecida a inflação na Alemanha, com os preços no consumidor a aumentarem 1,8%, registando uma aceleração face a Outubro (1,5%).



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub