Emprego Inspecção apanha cada vez mais trabalho informal
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Inspecção apanha cada vez mais trabalho informal

O problema aliviou no turismo e agravou-se na agricultura, afirma o Inspector-Geral. Só metade dos trabalhadores nesta situação foram reintegrados. Nova lei pode ajudar mas é essencial agravar coimas.
Inspecção apanha cada vez mais trabalho informal
Bruno Simão
Catarina Almeida Pereira 03 de Novembro de 2016 às 21:00

Apesar da forte quebra no número de inspecções e de empresas analisadas, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) encontrou no ano passado cerca de 3 mil situações de trabalho não declarado,

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 dias


FP e CGA - SEMPRE A ROUBAR À GRANDE

E não deixa de ser anedótico que o contribuinte que vê a sua reforma cada vez mais longe e mais baixa, ainda seja chamado para pagar as absurdas pensões da CGA.

Fica aqui a lista do pilim que a CGA consome ao OE (e que todos os contribuintes pagam):


Ano-Receitas CGA/Trf. OE/Desp. total

2008 - 2298 / 3396 / 6705

2010 - 3453 / 3749 / 7489

2012 - 2846 / 4214 / 7196

2015 - 4927 / 4601 / 9528 Milhões €


Pordata

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub