Conjuntura Investimento acelera e renova máximos de duas décadas

Investimento acelera e renova máximos de duas décadas

O investimento - medido em formação bruta de capital fixo - aumentou mais de 10% no segundo trimestre do ano. Depois de já ter avançado 9,6% nos três meses anteriores, este indicador renova máximos de quase duas décadas e é um dos principais motores do crescimento.
Investimento acelera e renova máximos de duas décadas
Nuno Aguiar 31 de agosto de 2017 às 11:36

Os primeiros seis meses de 2017 trouxeram finalmente boas notícias para o investimento. Segundo os números publicados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a formação bruta de capital fixo (FBCF) avançou 10,3% no segundo trimestre do ano, depois de já ter crescido 9,6% no trimestre anterior, em comparação com o mesmo período de 2016. Este resultado é melhor desde o quarto trimestre de 1998.

Todas as categorias do investimento tiveram um comportamento positivo, mas duas delas destacam-se. Em primeiro lugar, o equipamento de transporte que disparou 33,1% entre Abril e Junho (10,6% no trimestre anterior), com destaque para a compra de carros. Em segundo, a construção, que acelerou para 9,5% (8,6% no trimestre anterior). A variação é mais modesta do que o equipamento de transporte, mas a construção representa cerca de metade do investimento total realizado na economia, o que significa que é, de longe, a categoria mais relevante.

"A FBCF em Equipamento de Transporte foi a componente que mais contribuiu para a aceleração da FBCF no 2º trimestre, registando um aumento homólogo de 33,1% em termos reais (10,6% no trimestre anterior), influenciada em particular pelo comportamento da componente automóvel", pode ler-se no destaque do INE. "Destaca-se também o crescimento mais intenso da FBCF em Construção, passando de um crescimento homólogo de 8,6% no 1º trimestre, para 9,5%."

Quanto às restantes categorias, as "outras máquinas e equipamentos" aumentaram 12,7% (17,6% no trimestre anterior) e os produtos de propriedade intelectual caíram 2,3% (0,3 nos três meses anteriores).



Investimento: FBC vs. FBCF

Existem dois indicadores que são usados pela comunicação social para se referir a investimento: a formação bruta de capital (FBC) e a formação bruta de capital fixo (FBCF). A diferença entre as duas está no facto de a primeira incluir a variação das existências (stocks das empresas) e aquisições líquidas de objectos de valor (bens não financeiros que não se deterioram fisicamente e são usados como reserva de valor, como pedras e metrais preciosos ou obras de arte). Devido ao ruído que estas duas últimas rubricas podem provocar, a FBCF é normalmente mais útil para avaliar o que se passa realmente no investimento, na forma como a maior parte das pessoas o entende. No primeiro trimestre, a FBC cresceu 9,3% e a FBCF 10,3%.



(Notícia em actualização)



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tentando Perceber Há 3 semanas

A Demonstração da Enorme Incompetência de Governos PSD, Admira aqueles Rapazinhos que Receberam a Benção de Cavaco Silva, não sentirem humilhados por se deixarem Marcar como se Marcam os Animais, ficando assim reconhecidos pela Incompetência, pelo Negativo da Política, pela Incompetência de Governaç

Já não Há Mentira que Pegue Há 3 semanas

Pena que não tenhamos 1 Oposição á altura de Governo desta qualidade, que tenhamos 1 Comunicação Social sem qualidade Profissional,os incompetentes, Fracassados, dependentes do Passos, Continuarão a Ladrár,a dizer que o Preto é Vermelho,o vermelho é Branco, já ninguém os Ouve, cairão com seu Chefe.

Anónimo Há 3 semanas

Que raio de notícia é esta? Terá sido encomendada? Maior crescimento da última década? Se eu cortar o investimento para "zero" e no período seguinte passar para "um", obtenho um crescimento infinito! O problema é que o investimento continua em níveis historicamente baixos! Que raio de jornalismo...

pub
pub
pub
pub