Conjuntura Investimento da China no mundo afunda 45% até Julho

Investimento da China no mundo afunda 45% até Julho

O investimento chinês no exterior, nos primeiros sete meses do ano, registou uma queda homóloga de 44,3%, enquanto o investimento estrangeiro na China recuou 1,2%, revelou hoje o ministério chinês do Comércio.
Investimento da China no mundo afunda 45% até Julho
Reuters
Lusa 16 de agosto de 2017 às 08:53
Entre Janeiro e Julho, o investimento chinês além-fronteiras atingiu os 57.200 milhões de dólares (48.750 milhões de euros), enquanto o capital recebido pela China ascendeu a 72.790 milhões de dólares (62.030 ME).

A queda do investimento deve-se às medidas adoptadas por Pequim contra o excesso de gastos além-fronteiras pelas grandes firmas chinesas, como o Fosun e o HNA Group, que detêm participações em importantes empresas portuguesas.

Os reguladores chineses emitiram este ano um raro comunicado conjunto, no qual advertem para investimentos "irracionais" além-fronteiras, nos sectores imobiliário, entretenimento e desporto, onde abundam "riscos e perigos ocultos".

Já o investimento chinês em projectos no âmbito das Novas Rotas da Seda - um gigante plano de infraestruturas lançado por Pequim para interligar as grandes cidades ao longo das antigas rotas comerciais - ascendeu a 6.520 ME, nos primeiros sete meses do ano, uma subida homóloga de 5,7%.

A China tornou-se, nos últimos anos, um dos principais investidores em Portugal, comprando participações importantes nas áreas da energia, dos seguros, da saúde e da banca.

O Fosun é o maior accionista do banco Millennium BCP e detém a seguradora Fidelidade, o grupo Luz Saúde e uma participação de 5,3% na REN - Redes Energéticas Nacionais. A HNA é accionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul.

Segundo dados oficiais portugueses, desde que a China Three Gorges comprou 21,3% da EDP, em 2012, o montante do investimento chinês em Portugal já ultrapassou os 10.000 milhões de euros.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Searejage Há 1 semana

GPS ???? StarLine M15 ECO - http://signal007.apishops.ru/

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub