Angola Isabel dos Santos: Sonangol estava numa "situação dramática"

Isabel dos Santos: Sonangol estava numa "situação dramática"

Isabel dos Santos agradeceu à equipa com quem trabalhou na Sonangol, salientando a situação "dramática" que encontrou na petrolífera nacional.
Isabel dos Santos: Sonangol estava numa "situação dramática"
Negócios 16 de novembro de 2017 às 18:04

Isabel dos Santos falou publicamente pela primeira vez desde que foi exonerada por João Lourenço da Sonangol. Agradeceu às pessoas com quem trabalhou e sublinhou as mudanças implementadas que permitiram retirar a petrolífera da situação de quase falência em que se encontrava há 17 meses. 

"O momento em que cesso funções, enquanto presidente do conselho de administração da Sonangol, gostaria de agradecer a todos os que confiaram em mim, para liderar a recuperação da nossa empresa nacional de petróleo", refere Isabel dos Santos através de uma publicação na rede social Instagram.


"A minha gratidão vai, particularmente, para os meus colegas do conselho de administração cessante. Sinto-me honrada por ter liderado uma equipa com notável qualidade profissional e de ética inquestionável. A todos colaboradores da Sonangol o meu MUITO OBRIGADA!"




Isabel dos Santos publicou ainda dois vídeos. Num deles faz um pequeno discurso de agradecimento à equipa com quem trabalhou na Sonangol, salientando as mudanças implementadas nos 17 meses em que esteve na empresa. "A memória é curta, mas quando chegámos esta empresa estava numa situação difícil. Estava uma situação que o anterior DCA tinha classificado quase como pré-falência. Eram dias dramáticos. Havia momentos em que sabíamos coisas que tínhamos medo até de partilhar convosco convosco de quão dramático era realmente a situação da empresa", refere no registo vídeo incompleto e que tem o retrato oficial de João Lourenço, colocado na parede, como pano de fundo.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp Há 3 semanas

Eu nao me importo de acreditar,o Joao Lourenco e que pensa diferente e como e ele que manda decidiu assim.Estou achar um pouco estranho gente da mesma familia e acontecerem estas medidas.Ca tambem aconteceu isso mas eram dois de cores diferentes,e uma porra.

Saber mais e Alertas
pub