Segurança Social Isabel Jonet: “Melhoria da economia ainda não chegou aos mais carenciados”
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Isabel Jonet: “Melhoria da economia ainda não chegou aos mais carenciados”

Ao banco alimentar continua a chegar o mesmo volume de pedidos sentido pelas populações com mais baixos rendimentos, diz Isabel Jonet, a quem o número de pedidos de ajuda para alimentos não abrandou no último ano.
A carregar o vídeo ...
Elisabete Miranda e Rosário Lira

Apesar da descida do desemprego, da lenta retoma da economia e do alívio na percentagem de pessoas em risco de pobreza, os pedidos de ajuda que chegam ao Banco Alimentar não têm diminuído. Em entrevista ao Negócios e )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 30.01.2017

Esta podre globalização interessa de que maneira os g. g. econômicos que exploram a mão de obra barata e alguma até infantil, trazem os produtos para vender no ocidente, com todas as regalias que lhes são dadas e no final vão pagar os impostos aos paraísos fiscais.Todos os países têm industrias; umas mais tecnológicas outras menos, mas todas precisam de trabalhar em concorrência leal, infelizmente não é isso que acontece porque nos temos estadistas.

comentários mais recentes
investidor1 30.01.2017

https://goo.gl/forms/cBBl4pEBIkAhOksl1

Muito Obrigado!

Bifes Todos os dias 30.01.2017

Isso quer dizer que não há bifes todos os dias?

Anónimo 30.01.2017

Melhoria da economia ? Em 2015 Portugal teve um PIB de 1,6%. Em 2016 com a
propaganda e festa apoiada nos "media" teremos 1,1 ou 1,2% . A senhora merece
respeito afaste-se da mentira /desinformação deste governo.

Anónimo 30.01.2017

Nem convém que acabe porque depois era uma chatice para a caridade...

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub