Cultura Isabel Mota é a nova Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Isabel Mota é a nova Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

O Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian elegeu esta tarde "por unanimidade" Isabel Mota para suceder a Artur Santos Silva no cargo de Presidente daquela instituição.
Isabel Mota é a nova Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 07 de dezembro de 2016 às 17:59

O Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian elegeu esta tarde em plenário "por unanimidade" Isabel Mota para suceder a Artur Santos Silva no cargo de presidente, anunciou a fundação através um comunicado enviado às redacções.

Isabel Mota, que é membro executivo do Conselho desde 1999, assumirá funções a partir de 3 de Maio de 2017, "data em que termina o mandato do Dr. Artur Santos Silva, que nos termos da política de governo da Fundação não pode ser reconduzido", diz o comunicado.

Nascida em Lisboa, a 15 de Agosto de 1951, Isabel Mota é licenciada em Finanças pela Universidade de Lisboa. Exerceu funções governativas como secretária de Estado do Planeamento e do Desenvolvimento Regional nos XI e XII Governos Constitucionais, com responsabilidade nas negociações com a União Europeia dos Fundos Estruturais e de Coesão para Portugal (1987-95).

Actualmente é também membro não executivo do Conselho de Administração do Banco Santander-Totta, cargo que ocupa desde Julho de 2015.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub