Eleições Isaltino Morais: “Ao votarem na nossa candidatura disseram o que queriam para Oeiras”

Isaltino Morais: “Ao votarem na nossa candidatura disseram o que queriam para Oeiras”

Isaltino Morais considera que os resultados "demonstraram que em Oeiras [impera] a democracia".
Isaltino Morais: “Ao votarem na nossa candidatura disseram o que queriam para Oeiras”
Pedro Catarino/Correio da Manhã
Sara Antunes 01 de outubro de 2017 às 22:58

"Eu não sei ainda os resultados eleitorais. Ainda não sei quais são os resultados definitivos. A vitória já a tivemos, e é uma grande vitória dos oeirenses", sublinhou Isaltino Morais no discurso de vitória, numa altura em que ainda não é certo se ganhou com maioria absoluta ou não.

 

Os eleitores "demonstraram que em Oeiras [impera] a democracia, a tolerância, a vivência democrática e, sobretudo, o querer um novo ciclo de desenvolvimento".

 

"Ao votarem na nossa candidatura disseram o que queriam para Oeiras, disseram o que queriam e também o que não queriam", afirmou o responsável.

 

"É importante interiorizarmos o que queriam. O poder não é a cadeira. O poder é a capacidade para ouvir as pessoas, para as escutar, compreendê-las. É isso que propomos fazer", afirmou o vencedor das eleições municipais do Oeiras.

 

Isaltino Morais deixou ainda o "reconhecimento para os oeirenses, independentemente da opção de voto" e uma "saudação a todos os candidatos." Além disso, deixou um "reconhecimento muito especial a todos os que acreditaram em mim, quando decidi avançar com a minha candidatura. Esta é talvez a candidatura mais independente de Portugal", salientou.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 02.10.2017

O povo é completamente amoral. Esta é a prova disso. O que lhes interessa é no que votam. Independentemente de quaisquer minudências sociais, éticas, morais.
Veja-se o Trump. Veja-se o Putin. veja-se o da Venezuela. Veja-se o das Filipinas.

Anónimo 02.10.2017

Como é possível!... ROUBOU... ACUSADO... CONDENADO... CUMPRIU PENA... e o povo volta a elegê-lo... e com maioria!... Em relação ao povo que o elegeu... só podem mesmo ser uma "manada de mentecaptos"!...

Pierre Ghost 02.10.2017

Claro que sabem o que querem !!!
Querem ser roubados e sodomizados....seus acéfalos burros !!!
Tenho vergonha de ter nascido num pais que tem gente como esta !!!

Anónimo 02.10.2017

Vinha no comboio quando alguém ao lado dizia que o Zé Povinho gosta de quem não tem vergonha...Mais um caso do que é a democracia cá do sítio?

ver mais comentários
pub