IRS Isenção de IRS passa de 607 para 632 euros
IRS

Isenção de IRS passa de 607 para 632 euros

O Governo está a preparar alterações ao mínimo de existência, permitindo que mais contribuintes fiquem isentos do pagamento de IRS. O novo limite para a isenção fixa-se nos rendimentos brutos anuais de 8.847 euros.
Isenção de IRS passa de 607 para 632 euros
Correio da Manhã
Negócios 01 de setembro de 2017 às 10:47

O Governo está a preparar a subida do mínimo de existência, limite até ao qual aos contribuintes ficam os contribuintes ficam isentos do pagamento de IRS. A subida será de 350 euros, de 8.500 para os 8.850.

A alteração foi apresentada nas negociações do próximo Orçamento do Estado ao PCP e Bloco de Esquerda, escreve o Correio da Manhã desta sexta-feira, 1 de Setembro. A mesma permitirá fixar o valor em 1,5 vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS), em 632 euros por mês.


O IAS situa-se actualmente nos 421,32 euros. Agora só está isento de IRS quem recebe 607 euros mensais brutos, patamar que passará para os 631,98 euros se a medida avançar. O mesmo é dizer que o rendimento anual bruto será de 8.847 euros.


Os dados mais recentes, relativos a 2015, mostram que há 1,54 milhões de contribuintes com rendimentos anuais brutos entre 5 e 10 mil euros anuais.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BCP fecha trimestre com + de 400 MILHÕES Há 3 semanas

ESTE Mês o MILENIUM BCP VAI FECHAR O 3 TRIMESTRE com MAIS DE 400 MILHÕES DE EUROS DE LUCROS SEGUNDO as ESTMATIVAS DOS ANALISTAS

pub
pub
pub
pub