Mundo Japão pede mais pressão da ONU contra Coreia do Norte e apoia posição dos EUA

Japão pede mais pressão da ONU contra Coreia do Norte e apoia posição dos EUA

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, apelou à Organização das Nações Unidas para que pressione a Coreia do Norte a desistir do armamento nuclear e manifestou apoio à posição dos Estados Unidos em relação ao país.
Japão pede mais pressão da ONU contra Coreia do Norte e apoia posição dos EUA
POOL
Lusa 20 de setembro de 2017 às 21:28

"A gravidade desta ameaça não tem precedentes", sublinhou Shinzo Abe (na foto) na Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, tendo focado o discurso sobretudo na Coreia do Norte, já que nas três últimas semanas dois mísseis norte-coreanos atravessaram território japonês.

 

O primeiro-ministro japonês pediu à ONU que implemente as mais recentes sanções contra a Coreia do Norte, sustentando que "não é preciso diálogo, mas sim pressão".

 

O Japão expressou ainda um voto de apoio à posição norte-americana em relação à Coreia do Norte, de que "todas as opções [de resposta] estão em cima da mesa".

 

Na terça-feira, no arranque da Assembleia-Geral da ONU, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que a única solução será "destruir totalmente" a Coreia do Norte caso o regime de Piongyang continue a ameaçar os EUA e aliados.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub