Eleições Jerónimo de Sousa: Perda de até 10 câmaras é “um factor negativo”

Jerónimo de Sousa: Perda de até 10 câmaras é “um factor negativo”

O líder do PCP reconheceu a perda de câmaras para o PS, mas acredita que daqui a quatro anos essa perda será invertida. Já sobre o aumento dos votos no PS, Jerónimo de Sousa considera que os eleitores teriam mais a ganhar se tivessem votado na CDU.
Jerónimo de Sousa: Perda de até 10 câmaras é “um factor negativo”
Sara Antunes 01 de outubro de 2017 às 23:28

"A perda de presidências, que pode atingir 9 ou 10, é sobretudo uma perda para as populações que não demorarão a perceber" essa derrota, já que se trata de uma "perda para as condições das autarquias", defendeu Jerónimo de Sousa no discurso que proferiu este domingo, 1 de Outubro.

 

"É com a CDU que a população continuará a contar", já que "não desertaremos da vida local durante 3/4 anos". E "daqui a quatro anos estarão de novo a reconhecer" que a CDU é a melhor solução.

 

Apesar de este resultado "não reduzir a determinação da CDU", nem "a influência da CDU", Jerónimo de Sousa diz ser "necessário não iludir" e admitir que "este resultado constitui um factor negativo" para seguir o caminho de influência da CDU.

 

"Mesmo as muitas dezenas de milhares de pessoas que nos dirigiram palavras reconhecidas" por terem ajudado a derrubar Passos Coelho, "não ganharam a consciência de ir mais longe" e reconhecer que as melhorias "seriam asseguradas pela CDU e não pelo reforço do PS."

 

"Amanhã cá estaremos, como sempre estivemos", sublinhou.




pub