Angola João Traça: "Governo tem de afectar recursos para as empresas irem para Angola"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

João Traça: "Governo tem de afectar recursos para as empresas irem para Angola"

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola classifica como “essenciais” a criação de linhas de financiamento que permitam às empresas irem para Angola.
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe Rosário Lira 21 de janeiro de 2018 às 17:22

João Luís Traça classifica como "essenciais" a criação de linhas de financiamento que permitam às empresas irem para Angola. Em vez de fazer cativações é preciso afectar recursos, afirma.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
NADA ESTÁ ACIMA DA DIGNIDADE DE UM PAÍS Há 3 dias

1 - O ministro dos Negócios Estrangeiros, SANTOS SILVA (SS), afirmou, no âmbito das relações com Angola, em tom sibilino, que, cito, “ … COM PACIÊNCIA (…) SUPERAREMOS ESSE ‘IRRITANTE’ …”.
Como se sabe, a nossa PGR entendeu - e bem – que o processo de MANUEL VICENTE (MV) será julgado em Portugal

NADA ESTÁ ACIMA DA DIGNIDADE DE UM PAÍS Há 3 dias

2 - e não em Angola, como pretendia a clique dirigente angolana, visto q, pelos vistos, à sua espera estava já um perdão para o branquear.
Entretanto, não param as chantagens de Angola sobre Portugal, a fim de tentar forçar q a nossa Justiça se ajoelhe perante a angolana e ceda às suas pressões.

NADA ESTÁ ACIMA DA DIGNIDADE DE UM PAÍS Há 3 dias

3 - Deixa-se aqui bem claro q, como irá ter lugar, num futuro próximo – tudo aponta para isso -, a substituição da actual PGR, os Portugueses continuarão alerta para denunciar algum “cozinhado” com o(a) novo(a) PGR, no sentido de q este não se oponha à transferência para Angola do processo do MV

NADA ESTÁ ACIMA DA DIGNIDADE DE UM PAÍS Há 3 dias

4 - Porquê ?
Como se sabe, a figura que irá ocupar a chefia da PGR será escolhida pelo Governo de ANTÓNIO COSTA (AC) e, de seguida, confirmada pelo PR, sendo que AC poderá, eventualmente, colocar à nova chefia da PGR que aceite concordar com a transferência para Angola do processo.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub