União Europeia Jogos, brinquedos e bilhetes de avião ditam abrandamento da inflação no Reino Unido

Jogos, brinquedos e bilhetes de avião ditam abrandamento da inflação no Reino Unido

Pela primeira vez em seis meses, a subida de preços no consumidor abrandou em Dezembro no Reino Unido. Os custos dos bilhetes de avião, de brinquedos e jogos levaram os preços no consumidor a subir 3% face aos 3,1% registados em Novembro.
Jogos, brinquedos e bilhetes de avião ditam abrandamento da inflação no Reino Unido
Reuters
Negócios 16 de janeiro de 2018 às 11:53

A inflação no Reino Unido abrandou pela primeira vez em seis meses em Dezembro, no Reino Unido. Os preços no consumidor, no último mês do ano passado, ficaram nos 3%, o que compara com os 3,1% registados no mês anterior, de acordo com a Bloomberg.

A descida da inflação deveu-se nomeadamente aos custos dos bilhetes de avião, jogos e brinquedos. O gabinete de estatísticas britânico indicou, segundo a agência, que é prematuro afirmar que esta descida da inflação é "o começo de qualquer redução da taxa de longo prazo".

Ainda assim, este movimento nos preços no consumidor poderá indiciar que o efeito da desvalorização da libra, registado na sequência da decisão britânica de deixar a União Europeia, começa a desaparecer.

As previsões para a inflação no Reino Unido, em 2018, elaboradas pelo Banco de Inglaterra, apontam para uma descida gradual, devendo estar nos 2,4% no final do ano, segundo a Bloomberg.

Por esta altura, a libra sobe 0,15% para 1,1263 euros.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.