Economia Jorge Coelho pede demissão após queda da Ponte de Entre-os-Rios

Jorge Coelho pede demissão após queda da Ponte de Entre-os-Rios

O ministro do Equipamento Social, Jorge Coelho, pediu a demissão após a queda da Ponte de Entre-os-Rios, em Castelo de Paiva, que terá provocado a morte de 67 pessoas, anunciou o ministro em conferência de imprensa.
Duarte Costa 05 de março de 2001 às 08:55
O ministro do Equipamento Social, Jorge Coelho, pediu a demissão após a queda da Ponte de Entre-os-Rios, em Castelo de Paiva, que terá provocado a morte de 67 pessoas, anunciou o ministro em conferência de imprensa.

O ministro do Equipamento Social assumiu a responsabilidade política do acidente, afirmando em conferência de imprensa, que «não ficaria bem com a minha consciência se não o fizesse».

Na sequência da demissão de Jorge Coelho, deixaram também o Governo quatro secretários de estado, Luís Parreirão, das Obras Públicas, Leonor Coutinho, da Habitação, Guilhermino Rodrigues, dos Transportes e José Junqueiro, da Administração Portuária.

O ministro Jorge Coelho tinha visitado há um ano atrás a referida ponte, tendo decidido a construção de uma nova ponte, ao constatar que a antiga, com mais de 100 anos, apresentava «alguma degradação ao nível do tabuleiro».