Angola José Eduardo dos Santos volta a Barcelona

José Eduardo dos Santos volta a Barcelona

O Presidente da República de Angola esteve em Maio em Espanha, onde recebeu tratamento médico. Mais de um mês depois regressa a Barcelona.
José Eduardo dos Santos volta a Barcelona
Reuters
Celso Filipe 03 de julho de 2017 às 12:49

O Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos voltou esta segunda-feira, 3 de Julho a Barcelona. A Angop, agência oficial do país, diz que esta viagem se faz "em cumprimento da sua agenda previamente estabelecida".

No início de Maio, José Eduardo dos Santos já se havia deslocado a Espanha para tratamento médico. Na altura, o presidente angolano permaneceu 28 dias em Barcelona, tendo regressado a Angola a 29 de Maio.

Nessa altura, a prolongada ausência do Presidente angolano, ficou marcada por um conjunto de boatos relativos ao seu estado de saúde. "O Presidente dos Santos faz regularmente as suas consultas e os seus tratamentos em Espanha, por isso é perfeitamente normal que ele esteja lá", afirmou na ocasião o ministro das Relações Exteriores angolano, George Chikoti.

O Presidente da República de Angola tem 74 anos e anunciou em Março de 2016 que iria abandonar a vida política activa. Nas eleições de 23 de Agosto, o candidato do MPLA, o partido no poder, ao lugar de chefe de Estado é o actual ministro da Defesa, João Lourenço.


Na sua página na internet, a Angop adianta que "apresentaram cumprimentos de despedida ao Chefe de Estado angolano o vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, o presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, o presidente do Tribunal Constitucional, Rui Ferreira, entre outras entidades ligadas ao Governo e à Presidência da República".




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 06.07.2017

Os patrão foi male male de luanda, estou a pesar visita-lo, cm éle anda...sempre a meter no bolso do povo desde 1979 um dia teria q estar male, n é...?"!

Juca 04.07.2017

Foi ao casamento do Messi. Um grande camarada comunista, estilo estaline-trotskista, por quem o povo chorará muitíssimo pela obra e bem deixada. O camarada Castro foi um amigo do peido e o Maduro é de todos o mais seguro. Só ele animou os Cabindenses a manterem-se unidos.

Anónimo 03.07.2017

será que vai voltar num caixão? como eles gostavam...

Anónimo 03.07.2017

Zé Eduardo, o teu fim aproxima-se tranquilamente e não da forma que os teus concidadãos desejariam. Tens sorte por isso.
Deixas uma obra meritória para o Diabo, ele com certeza vai apreciar.
Espero que não te vejas negro para ir ter com ele, não é necessário, ele espera por ti...

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub