Política JSD lança campanha para "confrontar a propaganda" do Governo

JSD lança campanha para "confrontar a propaganda" do Governo

Veja o primeiro vídeo publicado pela estrutura social-democrata liderada por Cristóvão Simão Ribeiro, para quem "a fantasia não pode continuar a ser aceite serenamente na arena política".
António Larguesa 10 de outubro de 2016 às 13:48

A Juventude Social Democrata (JSD) lançou uma campanha para "confrontar a propaganda do Governo com a realidade (…), denunciando e caricaturando o facto de, ao contrário da propaganda papagueada por António Costa e Pedro Nuno Santos [secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares], o país estar pior".

 

No primeiro vídeo, que dura pouco mais de um minuto, dois amigos encontram-se num bar – um enverga uma camisa e o outro uma t-shirt estampada com a figura de Che Guevara – e debatem o aumento da tributação sobre os combustíveis, o agravamento do IMI e o novo imposto sobre o património. "Foi nisto que votou?", questiona no final.

 

 

Cristóvão Simão Ribeiro, que preside à organização dos jovens do PSD, indicou que este é o primeiro de vários vídeos no YouTube em que "pretende a desmistificação e a demonstração que não é este o caminho que Portugal deve seguir, e que o Governo não pode sobrecarregar ainda mais os portugueses com impostos".

 

"Para a saúde da nossa democracia, é crucial que haja cada vez mais fiscalização sobre o discurso dos políticos. Acredito que disso depende, em grande medida, um debate sério em Portugal – do confronto das declarações com a realidade. A fantasia não pode continuar a ser aceite serenamente na arena política e os intervenientes têm de ser confrontados com a factualidade, ou falta dela, do que dizem", atacou o líder da JSD.

Nos últimos meses, esta estrutura do partido liderado por Pedro Passos Coelho lançou outras campanhas arrojadas, como aquela em que Mário Nogueira, presidente da Fenprof, era comparado a Estaline num cartaz que colocava o ministro da Educação na posição de marioneta. Já depois do processo judicial da organização sindical dos professores, no início de Junho também António Costa foi protagonista das produções gráficas da JSD, vestindo a pele de um "Angry Bird".




A sua opinião33
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Álvaro Há 1 semana


SALÁRIO MÉDIO DOS PROFESSORES PORTUGUESES É O 3.º MAIS ALTO DA EUROPA, EM 2015.

"No caso dos docentes com salários mais altos, em que o rendimento dos docentes é superior ao PIB per capita, Portugal aparece em destaque como o terceiro com salários mais elevados da Europa: Bosnia Herzegovina (327%), Chipre (282%) e Portugal (245%)."

Relatório da Eurydice.

comentários mais recentes
Anónimo Há 6 dias

Devem estar a falar do aldrabão do careca drogado cara de velha aziado de massama líder do psd

Toze Antunes Há 6 dias

QUANDO O COELHO PAGAR Á SEGURANÇA SOCIAL, talvez o centro de emprego do PSD conhecido por JSD...

Grunho Há 6 dias

À medida que o Zé Pagode se torna mais fino e o sistema de partidos tende a coincidir com o sistema de classes (proletariado, classe média assalariada e burguesia exploradora), a votação dos fachos da PAF vai definhar até aos 10% da burguesia que representam e defendem.

Ivo Carvalho Há 6 dias

Fernanda Jacinto o que me diz dos governos Sócrates??? Foram limpinhos limpinhos, limparam o dinheirinho todo e depois quem prometeu não fazer cortes chegou a primeiro ministro é o que encontrou? Cofres cheios... de ar e vento... realmente não se consegue limpar o passado

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub