Mundo Juiz decreta prisão sem fiança para dois dos quatro suspeitos pelos ataques na Catalunha

Juiz decreta prisão sem fiança para dois dos quatro suspeitos pelos ataques na Catalunha

O juiz da Audiência Nacional espanhola Fernando Andreu enviou hoje para a prisão sem fiança dois dos quatro detidos na semana passada pelos atentados na Catalunha depois de os ter ouvido durante todo o dia.
Juiz decreta prisão sem fiança para dois dos quatro suspeitos pelos ataques na Catalunha
Reuters
Lusa 22 de agosto de 2017 às 21:31
Segundo o auto de prisão, o magistrado decidiu aplicar essa medida de coação a Mohammed Houli Chemlal, o presumível terrorista de 21 anos que ficou ferido na explosão da casa de Alcanar, a 16 de agosto, quando a célula preparava explosivos, e a Driss Oukabir, de 27 anos, que alugou a furgoneta usada para atropelar mais de uma centena de pessoas em Barcelona, a 17 de Agosto.

Quanto a Salah El-Karib, de 34 anos e que gere um 'call-center', o juiz prolongou a sua detenção por mais 72 horas, para que se esclareça a sua participação nos factos com a realização de mais diligências.

Finalmente, o magistrado deixou em liberdade condicional Mohamed Aallaa, de 27 anos, detido em Ripoll e irmão de Sadi Aallaa - abatido a tiro pela polícia catalã na estância balnear de Cambrils, onde ocorreu o segundo atentado, na madrugada de 18 de Agosto -, "já que os indícios existentes sobre a sua presumível colaboração com o grupo investigado não são suficientemente sólidos", lê-se no documento citado pela agência de notícias espanhola Efe.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 34 minutos

A causa deste "terrorismo" não é politica nem económica mas sim religiosa, do mesmo tipo que foi a inquisição no tempo da idade média.

pub