Empresas Junta em Penafiel dá instalações e contrata funcionário para manter CTT

Junta em Penafiel dá instalações e contrata funcionário para manter CTT

A Junta de Freguesia de Termas de São Vicente, Penafiel, vai contratar pessoal e disponibilizar instalações para manter os serviços dos CTT naquela localidade, disse à Lusa o seu presidente.
Junta em Penafiel dá instalações e contrata funcionário para manter CTT
Bruno Simão
Lusa 08 de janeiro de 2018 às 19:19

José Barbosa Soares explicou que a junta terá de contratar um funcionário que se vai juntar a outra pessoa que já presta serviços na loja do cidadão das Termas de São Vicente.

 

O autarca referiu que aquela foi a solução encontrada para o problema, depois de os CTT terem informado que a estação da localidade estaria entre as 22 que a empresa pretendia encerrar.

 

A freguesia e os CTT vão celebrar um protocolo que definirá os termos concretos do entendimento, estando garantido que, frisou o presidente, todas as valências vão funcionar. "Fizemos um acordo com os CTT e vamos ter os serviços, com todas as valências, a funcionar na loja do cidadão, no edifício da junta de freguesia", realçou José Barbosa Soares.

 

Questionado sobre o esforço financeiro que a junta terá de suportar, o autarca das Termas de São Vicente admitiu que "terá de ser feito um acerto aqui ou ali e um esforço da junta".

 

A loja dos CTT das Termas de São Vicente, localizada a cerca de 18 quilómetros da sede do concelho, é muito importante para a população do sul do município de Penafiel, servindo muitos milhares de habitantes.

 

Na lista de encerramentos consta os balcões de Junqueira, Avenida (Loulé), Universidade (Aveiro), Termas de São Vicente, Socorro (Lisboa), Riba de Ave, Paços de Brandão (Santa Maria da Feira), Lavradio (Barreiro), Galiza (Porto), Freamunde, Filipa de Lencastre (Belas), Olaias (Lisboa), Camarate, Calheta (Ponta Delgada), Barrosinhas (Águeda), Asprela (Porto), Areosa (Porto), Araucária (Vila Real), Alpiarça, Alferrarede, Aldeia de Paio Pires e Arco da Calheta (Madeira).




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António Há 1 semana

As juntas de freguesia não devem substituir os CTT ! Os autarcas não são eleitos para fazerem estes trabalhos. Anda tudo de patas para o ar !!!

Dono dos Burros Há 1 semana

E já agora. Não se esqueçam, na hora de votar, é nos dos costume, CDS-PP, PPD-PSD e PS. Convém que a m++++ não mude.

Anónimo Há 1 semana

A estratégia dos administradores dos CTT será assim com todas as lojas para encerrar , depois virão outras e os CTT será só o serviço de BANCO ! O PASSOS PRIVATIZOU e a MÉRIDA ficará para os TUGAS PAGAREM !Grandes negócios de GOVERNOS de MÈRIDA, não há FAMILIARES DE POLITICOS DESEMPREGADOS

pub